Adriano admite que pensa deixar a Inter, mas descarta volta ao Flamengo

Imperador vai se reapresentar no dia 2 e quer resolver logo o futuro

Adriano admitiu nesta terça-feira que está incomodado com a sua situação no futebol italiano, mas também descartou qualquer possibilidade de vir jogar no Flamengo. O atacante espera voltar a ser aproveitado pelo técnico José Mourinho no Inter de Milão ou ser negociado para um outro clube europeu durante a janela de transferências em janeiro.

Adriano esteve na praia do Leme no fim da tarde para acompanhar uma partida organizada pelo amigo Júnior Negão. O Imperador ficou apenas como espectador e não chegou a participar da festa. Ele embarca para Milão na próxima quinta, já que sua reapresentação está marcada para o dia 2.

- Não vou dizer para você que não estou feliz. Mas tive algumas dificuldades lá. Estou bem tranqüilo agora. Estou há oito anos na Itália. De repente seria melhor a minha saída. Como o treinador e o próprio presidente disseram. Mas eles querem muito que eu volte, que possa ficar e jogar. Sei do meu potencial e quero mostrar isso para todo mundo ainda. Se não for na Itália vai ser em outro lugar.

Sobre o interesse do Flamengo, Adriano considera muito difícil voltar neste momento para o futebol brasileiro. Ele não sabe de onde surgiram as informações de que estaria perto de fechar com o clube carioca.

- Não tem nada. Deve ser porque eu disse uma vez que se eu voltasse para o Brasil seria para jogar no Flamengo. Mas por enquanto não tem nada disso. Tenho o maior carinho pelo Flamengo. Pela torcida, pelo presidente, mas não tem nada disso.

Adriano admitiu que vai precisar de um tempo para recuperar a forma física quando voltar para o Inter de Milão.

- Já tem um mês que estou sem jogar. E quando isso acontece você perde um pouco a forma física, o que é normal também. Mas isso posso recuperar rápido.

Apesar de o técnico José Mourinho ter deixado a entender nas últimas entrevistas que não conta mais com Adriano para o resto da temporada, o atacante disse que tem conversado com ele nas últimas duas semanas, durante o período que esteve no Brasil.

- Ele quer que eu volte até acertar essa situação. Estou bem, descansei bastante e curti a minha família.

Sobre a seleção brasileira, Adriano espera que permaneça no grupo de Dunga.

- Tenho que primeiro pensar em jogar bem para voltar à seleção brasileira. O Dunga tem um carinho grande por mim. Se eu jogar bem isso vai acontecer e vou lutar pelo meu espaço. Espero que o ano que vem seja o melhor possível.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com