Adriano descarta Corinthians e diz que fica na Roma em 2011

Adriano descarta Corinthians e diz que fica na Roma em 2011

Adriano ainda confirmou que seu atual clube vive momento turbulento nos bastidores

O atacante Adriano afirmou que não jogará pelo Corinthians, ou qualquer outro clube brasileiro, no início de 2011. No Rio de Janeiro, o jogador realizou nesta quarta-feira uma ação beneficente na Vila Cruzeiro, comunidade na qual cresceu, e disse de forma categórica que continuará com a Roma no próximo ano.

"Não tem como sair agora. Estava triste, sem ser aproveitado, mas o técnico (Claudio Ranieri) me pediu paciência e a oportunidade já surgiu no último jogo (contra o Milan, no último sábado)", disse o jogador, que admite estar em desvantagem em relação a alguns colegas de equipe. "Outros jogadores estavam em melhor ritmo que eu. Vou tentar retomar meu melhor ritmo para ter oportunidades".

Adriano ainda confirmou que seu atual clube vive momento turbulento nos bastidores, inclusive com atraso para pagar os vencimentos, mas assegurou que também não se incomoda com este fato. "Existe um pequeno atraso na Roma, mas em geral o clube tem cumprido com a palavra. Entendo este momento", afirmou.

Sobre a possibilidade de jogar no Corinthians, Adriano confirmou que teve uma conversa com Ronaldo e que gostaria muito de voltar a atuar ao lado do ex-colega de Seleção Brasileira. Mas não em 2011.

"Teve um período na Roma em que estava triste, sem jogar, e liguei para o Ronaldo. Conversei e naquele momento pensei em voltar. É um sonho tanto meu como do Ronaldo jogar juntos no Brasil e acredito na possibilidade de isso acontecer se ele jogar mais dois, três anos", disse. Ronaldo, porém, já avisou que encerrará a carreira no final do ano que vem.

Destaque do título brasileiro de 2009, Adriano também falou sobre o Flamengo, que teve uma temporada decepcionante neste ano. "Para trabalhar no Flamengo tem que ter vontade. Ganhei um Brasileiro porque as pessoas envolvidas tinham vontade", cobrou, lembrando a sua saída do clube, no meio do ano. "Eu queria ficar, mas a Roma me apresentou um projeto e eu aceitei".

Vila Cruzeiro

Adriano provou diante de dezenas de flashes e câmeras nesta quarta que está em casa quando vai para a Vila Cruzeiro: estacionou o seu Porsche Cayenne na frente da associação dos moradores da comunidade quando chegou e, após dar entrevista, tirou a camisa, falou com moradores e deu atenção aos fãs. O atacante admitiu que o clima é outro no local após a ocupação de forças de segurança e a saída dos traficantes.

"Eles (moradores) estão em paz e felizes. É o que me importa", disse o jogador, que distribuiu 300 cestas básicas e agora tenta emplacar o seu projeto "Imperadores da Vila", que pode atender até 2 mil crianças carentes da Vila Cruzeiro.

"Isso (o projeto) poderia ter acontecido há muito mais tempo. Mas esta ocupação agora deu a possibilidade", comemorou Adriano, aproveitando para rebater críticas. "Antes, você ouvia falar que eu estava envolvido com o tráfico. Hoje ninguém falou nada. Tenho família, filhos e nunca usei drogas. Agora podem vir aqui me ver jogar descalço, sem camisa, e fazendo churrasco com os amigos. Esse é o verdadeiro Adriano".

Fonte: Terra, www.terra.com.br