Adriano quer deixar o Roma em janeiro; jogou só três partidas

Adriano quer deixar o Roma em janeiro; jogou só três partidas

Insatisfeitos com Ranieri, Imperador, Vucinic e Okaka já teriam deixado claro que pretende sair.

O retorno do Imperador à Itália deve durar pouco. Segundo o jornal "Gazzetta dello Sport", Adriano quer deixar o Roma em janeiro, quando a janela de transferências reabre na Europa. Nesta temporada, o brasileiro atuou em apenas três partidas oficiais pelo time da capital.

De acordo com a reportagem, a crise no Roma dividiu o elenco em vários grupos de jogadores. Três já teriam avisado que pretendem sair em janeiro por causa do mau relacionamento com o técnico Claudio Ranieri: Adriano, Mirko Vucinic e Stefano Okaka.

O Imperador só tem 45 minutos jogados no Campeonato Italiano, outros 47 na Liga dos Campeões e 27 na Supercopa da Itália. Fora de forma, o brasileiro não conseguiu ganhar vaga de titular com Ranieri e ainda sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo durante o treinamento do dia 30 de setembro.

Em oito rodadas do Italiano, o Roma soma apenas nove pontos e está em 14º lugar, bem perto da zona de rebaixamento. Na Champions, o time de Ranieri é o lanterna do Grupo E com três pontos em três partidas.

No ano passado, Adriano foi artilheiro e campeão do Campeonato Brasileiro pelo Flamengo. Envolvido em polêmicas fora de campo - como a confusão com a ex-noiva em um baile funk em favela carioca -, o Imperador acabou deixando a Gávea depois da eliminação na Libertadores.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com