Adriano se diz pronto para nova cirurgia, mas não descarta parar

Adriano se diz pronto para nova cirurgia, mas não descarta parar

O Imperador sonha retornar aos gramados e ao Flamengo

O médico do Flamengo, José Luís Runco, deu o parecer. Adriano terá mesmo de passar por nova cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo. A recuperação não será, segundo Runco, inferior a três meses. Por todo o tempo da entrevista, nesta sexta, no Ninho do Urubu, o atacante mostrou tranquilidade com a notícia. Sereno nas respostas, procurava sempre olhar para o repórter que fazia a pergunta e responder pausadamente. Em alguns momentos, sorriu até para o médico, que será seu fiel escudeiro na empreitada para voltar ao futebol.

O Imperador sonha retornar aos gramados e ao Flamengo, mas deixou claro: só após a cirurgia vai tomar a decisão do que vai fazer. Uma abreviação no fim de sua carreira não está afastada.

- Neste momento tenho que ter calma. Tenho conversado com a minha família. Minha mãe chegou a falar para eu parar de jogar que ela estaria comigo. Falei que não é o tempo de parar. Sei que as pessoas pensam que não quero mais nada. Não é por aí. Fiquei muito tempo parado. Temos que ficar tranquilos, vai ter operação, depois da operação vou ver como vou estar. Hoje, meu pensamento é de voltar a jogar futebol. Mas tudo vai depender da forma como vai ser esse período. Caso contrário, vou ter que pensar em outra situação.

Mas o sonho de Adriano é conseguir se recuperar. Após a conversa com Runco, o atacante confessou ter ficado um pouco triste com o fato de a cirurgia ser capital para a volta aos gramados em bom estado físico.

- Ele falou que teria de passar pela nova cirurgia, até porque hoje eu posso jogar, mas em grande nível não poderia. Isso me deixou um pouco triste. Pensei, conversei com a minha família e decidi não desistir ainda. Vou me recuperar dessa operação e pensar muito bem no que vou fazer depois de estar recuperado. É chato quando você fica parado há muito tempo. Estou parado há quase dois anos por causa de lesões. Se eu tiver uma decisão de parar de jogar, não vai ser a certa. Tenho 30 anos, muita coisa para dar ao futebol. Meu objetivo é me recuperar e quem sabe assinar com o Flamengo e voltar à Seleção.

O retorno ao Flamengo continua visto com bons olhos pelo craque, que no dia da derrota para o Emelec chegou a passar um SMS desejando sorte ao time na partida no Equador.

- Foi aqui que eu nasci, vou tentar recomeçar como em 2009. Aqui realmente me sinto em casa. É como um recomeço, e não vai ser diferente desta vez. A minha ideia hoje é me recuperar e poder voltar a jogar no Flamengo, se for o caso. Acho que tem grande chance. Mas primeiro vou pensar na minha pessoa e nas coisas que vão acontecer.

Após os problemas com o Corinthians, onde, segundo a diretoria do clube paulista, o atacante teria faltado a 67 sessões de fisioterapia, fica a grande dúvida de como seria a sua recuperação no Flamengo. O atacante reconheceu seus erros.

- No começo, sim, eu faltei. Mas nunca deixei de comunicar ao Corinthians. Isso me prejudicou - afirmou o atacante.

Fonte: Globo Esporte