Afastado, Cristian custa R$ 260 mil por jogo ao Corinthians

Clube alvinegro terá pago R$ 15 milhões até o final de 2017

O volante Cristian foi afastado pela diretoria do Corinthians na última quarta-feira. Ele não atua em uma partida oficial do clube paulista desde 11 de dezembro do ano passado, quando esteve na derrota para o Cruzeiro, por 3 a 2, em Belo Horizonte, pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Ainda assim, o jogador de 33 anos tem um dos maiores salários do atual elenco, cerca de R$ 420 mil.


Nestes 27 meses desde que voltou ao clube do Parque São Jorge, em 2015, Cristian faturou nada menos que R$ 11.340.000,00, fora luvas e premiações. Seu contrato, que não deve ser rompido, é válido até o final de 2017 e os valores só tendem a subir.

Encostado, mas com dinheiro na conta

Na atual temporada o cenário é ainda pior. O jogador ainda não teve a oportunidade de vestir o manto alvinegro em uma partida oficial. O volante, aliás, sequer foi inscrito pelo técnico Fábio Carille no Paulistão. Mesmo assim, segue recebendo o salário de R$ 420 mil e custará até o final do seu contrato - dezembro de 2017 – a bagatela de R$ 3.780.000,00.

Tal montante chega a R$ 15.120.000,00 em três anos de contrato. São 44 jogos em campo, sendo 27 como titular. Em 2015, Cristian fez parte do elenco campeão brasileiro. De acordo com as estatísticas oficiais do clube paulista, Cristian Mark Junio Nascimento Oliveira Baroni realizou 100 partidas pelo Corinthians - em suas duas passagens - e marcou dez gols.



Fonte: iG