Alessandro quer se aposentar no Timão em 2013 e ‘mira’ o surfe

Campeão de quase tudo no Timão, lateral projeta adeus para dezembro do ano que vem e brinca com possível troca das chuteiras pela prancha

Alessandro viveu o inferno e o céu no Corinthians. Contratado em 2008 logo após o rebaixamento para a Série B, o lateral-direito esteve presente em cada degrau que o Timão subiu para se reerguer no futebol brasileiro. Um dos líderes do elenco, o jogador de 33 anos começa a se preparar para encerrar um ciclo vitorioso e colocar um ponto final na carreira. A data está previamente marcada: dezembro de 2013.


Alessandro quer encerrar carreira no Timão em 2013 e ?mira? o surfe

? O atleta tem dificuldade em falar no término da carreira. Minha ideia é parar no fim do ano que vem, com um título, parar bem. Mas não dá para cravar se vou parar ou se vou chegar até lá ? afirmou.

Em quase cinco anos no Timão, Alessandro foi absoluto na lateral direita, mas enfrentou inúmeros problemas físicos. Por isso, quer fazer uma avaliação da própria condição para decidir quando pendurará as chuteiras ? o contrato dele com o Alvinegro acaba no fim da próxima temporada.

? Espero ter saúde, principalmente por causa da minha posição. Você precisa estar fisicamente muito bem. Se estiver um pouco abaixo, já coloca a equipe em risco. Não penso em mudar de posição ? ressaltou o defensor, que defendeu o clube em 194 partidas e marcou quatro gols.

Campeão da Série B (2008), Campeonato Paulista (2009), Copa do Brasil (2009), Brasileirão (2011) e Libertadores (2012), Alessandro garante que não está satisfeito. Na mira agora aparece o Mundial de clubes, marcado para o mês de dezembro, no Japão. Seria o fechamento de uma era dourada.

? Não existe um limite para conquistas. Se nós tivermos condições, vamos querer ganhar muitas Libertadores. O torcedor está acostumado com tantas glórias. Não dá para ficar sem título.

A dúvida fica sobre o que fazer quando encerrar a carreira. O lateral ainda não tem ideia se adotará uma nova profissão ou se aproveitará para curtir o dinheiro que acumulou. Por enquanto, pensa apenas em ficar próximo da filha e curtir o Rio de Janeiro.

? Eu ainda não pensei no que fazer. Quero poder ficar perto da minha filha no Rio. Acho que vou virar surfista. Vou aprender (risos) ? brincou.

Fonte: GloboEsporte.com