Alonso capota e destrói McLaren em acidente cinematográfico

Bicampeão mundial sai do carro com dores, mas não sofre lesões

O piloto Fernando Alonso levou um susto daqueles no GP da Austrália, que abriu a temporada de 2016 da Fórmula 1. O espanhol sofreu um forte acidente após tocar na Haas de Esteban Gutiérrez durante uma tentativa de ultrapassagem. O carro de Alonso bateu no muro lateral, capotou e só foi parar na barreira de pneus do outro lado da brita da curva 3 do Circuito de Albert Park.

- Tenho a consciência de que hoje gastei uma vida das que me restavam. Queria agradecer a McLaren e a FIA pela segurança atual dos monopostos, e também aos meus companheiros e fãs pela preocupação e apoio incondicional - disse o espanhol após à corrida.

A McLaren de Alonso ficou completamente destruída. Como o bólido parou de cabeça para baixo, o bicampeão mundial precisou rastejar para sair do cockpit. Alonso deixou o carro aparentando sentir dores, mas apesar da imagem impressionante, não sofreu lesões graves. O mexicano Gutiérrez também não se machucou.

 A corrida precisou ser interrompida com bandeira vermelha por alguns minutos para a limpeza da pista. O acidente acabou sendo determinante para o resultado da prova. Nico Rosberg, que estava em segundo, aproveitou a paralisação para colocar um jogo de pneus médios e economizar um pit stop. Já o líder Sebastian Vettel, da Ferrari, optou por pneus macios, parou mais uma vez nos boxes e perdeu a vitória para o compatriota da Mercedes.

Image title


Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Globoesporte