Amistosos podem abrir espaço  inesperado a reservas da Seleção

Amistosos podem abrir espaço inesperado a reservas da Seleção

Depois da Copa das Confederações Felipão testou variações, algumas por opção e outras por imprevistos como lesão.

possibilidade de poupar jogadores até da viagem para Goiânia faz o jogo contra o Panamá, na próxima terça-feira, virar uma chance inesperada para os reservas mostrarem trabalho antes da Copa do Mundo. Felipão repetiu o time campeão da Copa das Confederações no único treino tático que comandou até o momento na Granja Comary, mas dificilmente chegará à estreia contra a Croácia, no dia 12 de junho, sem ter observado outras formações.

Três dias depois da partida em Goiânia a Seleção enfrentará a Sérvia no Morumbi, e o curto espaço de tempo entre amistosos às portas da Copa do Mundo deve forçar o treinador a escalar reservas por um maior tempo. Por mais que o time ideal esteja em sua cabeça, sempre há espaço para reconsiderar.

Os primeiros poupados serão definidos após os coletivos de sábado e domingo, quando Felipão deve exigir mais de seus jogadores. Existe a possibilidade de todos viajarem, mas dificilmente isso acontecerá.

O zagueiro Thiago Silva, poupado de três atividades em campo, Marcelo, que jogou a final da Liga dos Campeões no último fim de semana, e Oscar, que teve uma temporada desgastante no Chelsea, são os favoritos a continuar na Granja.

Todos os reservas devem ter seus minutos em campo, mas alguns têm mais possibilidade de vingar. Chamado de última hora, Fernandinho impressionou Felipão no amistoso contra a África do Sul e pode aparecer como sombra a Luiz Gustavo. Willian também agradou Felipão e pode ser alternativa em caso de problemas com Oscar.

Entre todos os reservas Hernanes é o que mais teve oportunidades com Felipão e deve ter um bom tempo para mostrar futebol nos amistosos. ?Às vezes que eu entrei eu fiz e demonstrei aquilo que ele queria. Se precisar entrar jogando darei conta do recado, essa confiança que ele adquiriu faz eu entrar muitas vezes?, afirmou o meio-campista.

Depois da Copa das Confederações Felipão testou variações, algumas por opção e outras por imprevistos como lesão. Chegou à Granja Comary afirmando que ao menos 90% da base seria mantida, mas optou pelos 100% na primeira montagem do time. Resta saber se os reservas serão capazes de bagunçar a sua cabeça.

Todos os reservas da Seleção:

Goleiros: Jefferson e Victor

Laterais: Maicon e Maxwell

Zagueiros: Dante e Henrique

Meio-campistas: Ramires, Hernanes, Fernandinho e Willian

Atacantes: Bernard e Jô.

Fonte: Terra