Anderson Silva é acusado de jogo sujo e técnico de Sonnen pede uma nova revanche

Anderson Silva é acusado de jogo sujo e técnico de Sonnen pede uma nova revanche

O campeão foi acusado de jogo sujo por agarrar o calção do oponente.

A primeira vitória de Anderson Silva sobre Chael Sonnen foi tão questionada que levou a um segundo combate entre os dois, no último sábado, com nocaute do brasileiro no segundo round. Mas a superioridade do Spider contra o rival continua sendo posta em dúvida. Desta vez, o campeão foi acusado de jogo sujo por agarrar o calção do oponente, passar vaselina no corpo e ainda atingir o adversário caído com uma joelhada.

O golpe acabou sendo considerado legal, mas segundo o técnico de Chael Sonnen, Scott McQuarry, foi mal-intencionado. Ele revelou que o norte-americano mordeu a língua no impacto, o que indicaria que a joelhada, além de pegar em cheio o peito do norte-americano, chegou a atingir o rosto.

?Obviamente, houve outras infrações menores, como agarrar os shorts e passar vaselina em si mesmo. Mas a joelhada na cara... Assisti de novo por vários ângulos, e posso ver onde atinge o rosto dele. A luta deveria ser considerada sem resultado?, reclamou o técnico de Sonnen ao site MMA Junkie. ?Acho que ele estava querendo fazer algo ilegal para ser desclassificado?, continuou McQuarry.

O diretor da Comissão Atlética de Nevada, Keith Kizer, avisou que a decisão do juiz é definitiva e que não há meios legais de se anular a luta. Mas o treinador de Sonnen disse que vai pressionar o público e o presidente Dana White e lutar pelo que seria uma trilogia de Anderson contra Sonnen: ?Vamos pedir uma revanche. Merecemos uma revanche. Não importa se a joelhada foi ilegao ou não, há dúvidas o suficiente por causa de todas as infrações que ele cometeu durante a luta?.

Não foi apenas o técnico de Sonnen que apontou jogo sujo de Anderson. O próprio diretor da comissão atlética criticou a forma com que o brasileiro tirou vaselina do rosto para passar pelo seu corpo logo antes da luta. ?Lorenzo [Fertitta, dono do UFC] chegou para mim e disse: ?Você viu aquilo?? E eu respondi que ele faz isso toda a luta, mas desta vez foi mais flagrante do que esperávamos. Mas o Yves [Lavigne, árbitro do combate] limpou ele antes de começar e tomou conta disso?, relatou Kizer.

Anderson Silva também foi acusado de segurar os shorts de Sonnen, o que é proibido. O desafiante evitou reclamar e disse que fez o mesmo. Outra suposta infração do Spider foi ter se segurado na grade no momento em que disparou a polêmica joelhada contra o oponente: ?Para mim, foi extremamente escandaloso, e foi ignorado pelo árbitro e por todo mundo. Para piorar, o Dana dá a ele o prêmio de nocaute da noite?.

O brasileiro também foi criticado pelo campeão de sua categoria no Strikeforce, Luke Rockhold, que disse considerar ?suja? a vitória de Anderson. ?Ele se untou de novo, e vejo ele fazendo isso desde a luta com Vitor Belfort. Não gostei quando vi. E ele fez descaradamente, e ainda agarrou os shorts. E a joelhada, mesmo legal, parecia ter más intenções. Isso me leva a crer que ele não é um verdadeiro campeão?, provocou o lutador.

Próximo adversário de Rockhold pelo cinturão dos médios do Strikeforce, Tim Kennedy também criticou o brasileiro: ?Espalhar vaselina nos braços, agarrar o calção do adversário e acertá-lo com uma joelhada quando ele está caído. É assim que um campeão deve agir??.

A vitória de Anderson por nocaute técnico no segundo round veio depois que norte-americano se desequilibrou ao furar um soco giratório, caiu e foi atingido por uma joelhada, considerada legal por Dana White. Foi décima defesa de cinturão do brasileiro, a segunda contra Sonnen. Na primeira, o campeão foi dominado por cinco rounds, mas se salvou da derrota com uma finalização nos últimos minutos.

Fonte: UOL