André vai à Ucrânia para tentar liberação  pelo Dínamo de Kiev

André vai à Ucrânia para tentar liberação pelo Dínamo de Kiev

A intenção, no entanto, é bater e voltar. André pretende jogar novamente no Brasil e escolheu o Flamengo

André terá de interromper as férias no Brasil. Pelo menos por alguns dias. No Rio há mais de duas semanas, o atacante está com passagem marcada e planeja viajar para a Ucrânia com seu empresário, Jean Neto, nesta quinta-feira, dia em que o grupo de jogadores do Dínamo de Kiev se reapresenta para a pré-temporada. Depois de passar seis meses no Bordeaux-FRA por empréstimo, o jogador, que tem contrato até agosto de 2015, tem de retornar ao clube.

A intenção, no entanto, é bater e voltar. André pretende jogar novamente no Brasil e escolheu o Flamengo. Entre o jogador e o Rubro-Negro, tudo certo. As bases salariais estão acertadas há mais de uma semana, mas a negociação entre os clubes está difícil. O agente do atacante faz a ponte Rio-Ucrânia. Além dele, um dirigente do Dínamo, que fala português, participa das conversas. As partes vão tratar pessoalmente.

André já manifestou ao presidente do Dínamo, Ihor Surkis, a vontade de voltar ao futebol brasileiro. A decisão passa pelo desejo de ser novamente convocado para a Seleção. Como tem idade olímpica, 20 anos, ele pretende entrar na lista de Mano Menezes para os Jogos de Londres no ano que vem.

Os ucranianos aceitam vendê-lo, mas não têm pressa e nem pretendem facilitar o negócio. Há um ano, o clube pagou ? 8 milhões (R$ 18,2 milhões) para tirá-lo do Santos e quer recuperar boa parte do investimento. Segundo a imprensa da Ucrânia, o Dínamo finaliza a contratação de um reforço para o setor. Trata-se do atacante nigeriano Ideye Aide Brown, de 22 anos, que estava no Sochaux, da França.

No próximo sábado, o grupo do Dínamo parte para a Áustria. É lá que a equipe vai realizar a pré-temporada durante duas semanas e disputar quatro amistosos. Outros brasileiros que defendem o clube já viajaram para a reapresentação, casos do volante Correa, que estava emprestado ao Flamengo, e do zagueiro Betão, ex-Corinthians.

Hoje, André é a primeira opção do técnico Vanderlei Luxemburgo para reforçar o ataque. Porém, a complexidade da negócio faz os dirigentes rubro-negros pensarem em outros nomes para a posição, conforme informou a presidente Patricia Amorim, na última terça-feira.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com