Antes de clássico, Vasco derrota Boavista e "classifica" Fluminense

Kim abraça Willian Barbio: vitória vascaína antes de duelo decisivo com o Fla

O Vasco da Gama entrou em campo neste sábado já conhecedor do duelo da próxima quarta-feira, contra o Flamengo, pela semifinal da Taça Guanabara. Ainda assim, com time misto, superou o Boavista por 1 a 0, no Engenhão, e assegurou a classificação do Fluminense, que bateu o Bangu. Kim, com assistência de Jonathan, marcou o gol da vitória cruzmaltina.

Com o resultado deste sábado, o Vasco segue com a melhor campanha do Campeonato Carioca 2012: são seis vitórias em seis jogos disputados, o que não serve como critério de desempate para enfrentar o Flamengo, às 22h (de Brasília) da próxima quarta no Engenhão.

A vitória, ainda assim, tem valor para o rival Fluminense. Vice-campeão da Taça Guanabara 2011, o Boavista eliminaria o time tricolor e iria à semifinal caso tivesse batido o Vasco neste sábado. Apesar de bons momentos, ainda assim, a equipe mandante acabou derrotada.

Kim decide no sábado de Carnaval

Cristóvão Borges poderia ter escalado 11 reservas no Vasco, 100% na liderança do Grupo B da Taça Guanabara. Mas, no jogo que definiria o destino do Fluminense, o treinador optou por uma equipe mista. Pendurados, Dedé, Fellipe Bastos e Felipe não atuaram. Rodolfo, suspenso, também. Juninho Pernambucano também foi poupado.

Mesmo sem vários titulares, o Vasco atuou com equipe de bom nível e fez confronto parelho. Aos 15min, Diego Souza quase marcou em chute colocado. Pouco depois, serviu para o zagueiro Douglas, substituto de Dedé, que parou diante de boa defesa do goleiro Thiago.

O Boavista, que na etapa inicial só havia ameaçado com falta batida por Paulo Rodrigues, foi melhor no segundo tempo. Willian Barbio até levou perigo ao perder chance diante de Thiago, mas a equipe mandante cresceu. Elton, Marlon e, principalmente, Paulo Rodrigues exigiram defesas importantes de Fernando Prass.

Acuado na defesa, o Vasco encontrou o gol em jogada de dupla que vinha em má fase e acabara de entrar na partida. Aos 33min, Jonathan enfileirou a defesa adversária e Kim, livre, chutou com estilo para fazer seu primeiro gol desde a chegada a São Januário.

Fonte: Terra, www.terra.com.br