Após 3 pênaltis, Inter vence o Náutico e retorna para o G-4

No segundo tempo, o Inter teve quatro penalidades a seu favor

O Inter engatou o terceiro jogo seguido sem perder, venceu o Náutico e voltou ao G-4. O Colorado marcou quatro vezes, mas podia ser ainda mais. Isto porque só no segundo tempo, o time teve quatro penalidades a seu favor - perdeu duas em defesas de Tiago Cardoso. Com gols de Carlos, D'Alessandro, William Pottker e Cirino, os gaúchos chegaram aos 11 pontos e ocupam a terceira posição. O Náutico, que diminuiu com Vinícius e Iago, continuam com dois pontos, na lanterna.

Empurrado pela torcida, o Inter começou a todo vapor. E deu mostras de que o que era "lógico" iria acontecer. Colocou-se no papel de favorito e amassou o Náutico. Logo aos três minutos, Carlos fez um gol, mas o juiz anulou - erradamente. Mas, aos nove, o camisa 11 marcou de novo e, desta vez, valeu. O Colorado, na frente, continuou pressionando os pernambucanos, mas a medida em que o tempo foi passando, as coisas foram ficando equilibradas. Depois dos 30 minutos do primeiro tempo, o Náutico começou a se fazer mais presente, mesmo que timidamente, no campo de ataque. Não parecia ser suficiente. Mas eis que Erick fez uma ótima jogada pela direita, cruzou e Vinícius, um dos estreantes do dia, marcou o seu primeiro gol com a camisa alvirrubra.


O Inter teve três - isto mesmo, três pênaltis - marcados a seu favor no segundo tempo. No primeiro, o juiz marcou falta de Nirley sobre Marcelo Cirino. William Pottker foi para a bola e converteu. Quatro minutos depois, Pottker, sozinho, chutou para o gol e Nirley deu um carrinho, mas usou o braço para ajudar no corte. Novo pênalti marcado. D'Alessandro na bola: 3 a 1. Não parou por aí. Aos 18 minutos, o zagueiro Aislan cometeu outra penalidade. Só que desta vez, Marcelo Cirino bateu fraco e Tiago Cardoso fez a defesa. Com um a mais e com 3 a 1 no placar, coube ao Inter administrar o placar. O Timbu ainda diminuiu com um gol de outro estreante, o atacante Iago. E para quem pensa que acabou... Aconteceu mais um pênalti. Tiago Cardoso derrubou Juan, mas, na cobrança, Tiago Cardoso foi mais uma vez decisivo e pegou. Mas, um minuto depois, Cirino marcou o quarto do Náutico.

O Internacional volta a jogar na próxima terça-feira, às 21h30, contra o América-MG, fora de casa. Já o Náutico, no mesmo dia, só que às 19h30, recebe o Paraná na Arena de Pernambuco.

Fonte: globoesporte.com