Após demissão de Renato Gaúcho, Cuca assume o Fluminense

A decisão aconteceu em reunião de cúpula na madrugada desta terça-feira

Portões fechados na primeira parte do treinamento, jogadores sozinhos no gramado, dirigentes tensos ao telefone. De cara, o clima no centro de treinamento em Itu, no interior de São Paulo, deixava a certeza de que algo estava diferente, e a informação foi confirmada pouco antes das 9h30m pela assessoria de imprensa do Fluminense: Renato Gaúcho está demitido.

A decisão aconteceu em reunião de cúpula na madrugada desta terça-feira, e o treinador já se despediu do elenco no início da manhã desta terça-feira. Juntamente com Renato, deixam o clube o preparador físico Alexandre Mendes e o auxiliar técnico Valdir Espinosa. Paulo César Gusmão e Ney Franco foram sondados, mas não se animaram muito com a possibilidade de chegar às Laranjeiras. Cuca assume o posto, segundo informou o vice de futebol do clube, Tote Menezes.

- Foi o escolhido e já aceitou. Começa nesta quarta-feira e fica até o fim do ano. Tínhamos outras opções, mas achamos ele mais técnico - disse.

A diretoria do Fluminense ainda não se pronunciou oficialmente sobre a demissão de Renato e a chegada de Cuca, o que deve fazer apenas no treinamento da tarde. Renato Gaúcho assumiu o Tricolor pela quinta vez no último dia 21 de julho e desde então colecionou seis derrotas, cinco empates e apenas uma vitória, em 12 partidas.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com