Após maratona em Barcelona, Neymar volta ao Brasil e deve perder treinos hoje na Seleção

Após maratona em Barcelona, Neymar volta ao Brasil e deve perder treinos hoje na Seleção

Craque só deixará a Espanha pela manhã, mas se apresentará em Goiânia dentro do prazo da CBF: "Foi um pouco cansativo, mas valeu a pena"

O atraso de uma hora no voo do Rio de Janeiro até Barcelona, causado por ventos durante o trajeto, somado ao exaustivo dia de Neymar, apresentado no novo clube, resultaram numa mudança na programação do atleta. Em vez de sair da Espanha já na noite desta segunda-feira, no horário local, com fuso de cinco horas a mais do que o Brasil, o atacante deve viajar por volta das 8h (3h de Brasília) desta terça-feira. Assim, poderá perder os dois treinos da Seleção em Goiânia, já que Luiz Felipe Scolari comandará atividades às 9h e às 15h.

O deslocamento da cidade catalã até Goiânia dura aproximadamente 11 horas, e o jogador chegaria à concentração por volta das 14h (de Brasília), perto do horário do treinamento da tarde da Seleção. Ou seja, Neymar já não participará da atividade pela manhã. Em função da maratona de viagens e compromissos nos últimos dias, ele não deve participar dos trabalhos com os demais jogadores, que chegaram a Goiânia nesta segunda.

Apesar da mudança na programação, o atleta se reapresentará a Felipão dentro do prazo estabelecido pela CBF, que só estipulou uma condição para liberá-lo ao Barça no dia da sua folga: o retorno do astro ao longo de terça, independentemente do horário.

Nesta segunda, Neymar não parou. Primeiro, posou para fotos na sede administrativa do Barcelona, no Camp Nou. Depois, realizou exames médicos em duas partes: primeiro num hospital local, depois no centro de treinamento do clube catalão. Em seguida, retornou ao estádio, onde assinou contrato de cinco anos e novamente posou para fotos, desta vez acompanhado do presidente Sandro Rosell e outros dirigentes.

Após tudo isso, ele, enfim, foi apresentado aos 56 mil torcedores espanhóis no estádio, concedeu entrevista coletiva de aproximadamente uma hora e encerrou o dia com um jantar, acompanhado de amigos, familiares e seu estafe. Depois das 23h na Espanha (18h em Brasília), o ex-camisa 11 do Santos foi dormir.

? Foi um pouco cansativo, mas valeu a pena. O que aconteceu hoje foi uma das melhores coisas da minha vida. O estádio é fantástico, e a emoção é muito grande. Para mim foi tudo muito bonito. É um momento único. Depois da Copa das Confederações eu terei um descanso ? disse o jogador ao "Canal 3", depois do evento.

No jatinho fretado pelo Barça que levará Neymar de volta ao Brasil também estarão a namorada Bruna Marquezine, seu pai, o empresário Wagner Ribeiro e os amigos do atleta, que marcaram presença na festa de apresentação no Camp Nou.


Após maratona em Barcelona, Neymar volta ao Brasil e deve perder treinos na terça na Seleção

Amizade e rivalidade com Marcelo, do Real Madrid

Na entrevista ao "Canal 3", Neymar comentou ainda a convivência com o lateral-esquerdo Marcelo, seu companheiro na Seleção e novo rival no Real Madrid:

- Marcelo é um grande amigo. Quando eu o encontrar, terei de ganhar.

O camisa 10 do Brasil no empate em 2 a 2 com a Inglaterra, domingo, confirmou ainda que recebeu aulas de catalão para falar algumas palavras do idioma para a torcida no Camp Nou. Questionado novamente sobre a sua relação com Messi, Neymar voltou a adotar uma postura mais humilde, procurando enaltecer o craque argentino.

- Eu não me preocupo em ser o líder. Há muitos craques no Barça, e venho juntar meu talento ao deles. Quero ganhar títulos pelo clube.

Fonte: GloboEsporte