Após nocaute em 34 segundos Ronda diz para Bethe: 'Não chore'

Ronda Rousey disse que seu problema com Bethe já está resolvido

Ronda Rousey não esquece. Após ter ouvido calada as provocações de Bethe Correia no media day e na pesagem do UFC 190, a campeã peso-galo do UFC deu o troco na brasileira após nocauteá-la em apenas 34 segundos no último sábado. Segundo a lutadora, ela devolveu o que ouviu para a desafiante.

- Eu disse a mesma coisa que ela tava falando para mim na hora da pesagem. Virei para ela depois que a nocauteei e falei "Não chore". Eu acho que o problema foi resolvido. Não vou precisar pensar mais sobre isso, e acho que ela vai pensar muito sobre mim.

Image title


Mesmo com a fisionomia fechada durante a coletiva de imprensa pós-luta, Rousey disse estar feliz por ter conseguido provar que é uma atleta versátil, e não lutadora de um golpe só.

- Estou feliz demais, porque consegui provar para mim e para todos a diversidade do meu estilo de luta. Não queria que fosse nem um pouco diferente, gostei muito de como foi tudo. As coisas às vezes são tão surreais que fica difícil de absorver. Estou feliz porque minhas três últimas lutas foram muito rápidas, mas foram diferentes, e sei que cometi alguns erros hoje. Sou perfeccionista e quero sempre melhorar, porque meus objetivos são ser a lutadora perfeira e me aposentar invicta, construindo um legado. Hoje estou mais próxima deles.

Perguntada se via na luta contra Miesha Tate, sua próxima adversária, um desafio maior do que foi enfrentar Bethe Correia, Ronda disse que a próxima desafiante representa um desafio maior, por já tê-la enfrentado.

- Toda luta em si é um desafio. A de hoje foi, e uma vantagem que tenho sobre minhas adversárias é que elas não sabem no que elas estão se metendo, apenas me conhecem por vídeo, mas nunca me enfrentaram. Hoje Miesha Tate é um grande desafio, porque ela já esteve comigo lá dentro e tem uma ideia melhor sobre o que vai enfrentar. Não tenho mais o elemento surpresa, e estou ansiosa para ver o que ela vai trazer para mim.

Como não poderia deixar de ser, o assunto "luta contra Cris Cyborg" também foi levantado. Para a campeã, nada mudou.

- Estou preparada para lidar com qualquer coisa, por isso sou a campeã. Se Cyborg conseguiu lutar com 65,8kg com esteroides, ela pode lutar com 61,2kg sem esteroides. Se ela bater o peso, vamos lutar - finalizou.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do Sportv