Após sete meses Kaká celebra retorno "feliz"

Após sete meses Kaká celebra retorno "feliz"

Meia do Real Madrid comemorou volta após tratamento para lesão no púbis

Neste domingo (10), Kaká retornou aos campos após exatamente 42 dias parado. Porém, as dores decorrentes de uma pubalgia já atrapalhavam o meio-campista há "seis ou sete meses", conforme revelou após a vitória por 2 a 0 do Real Madrid sobre o Mallorca. Dizendo-se "feliz", ele comemorou um retorno sem dores.

Dos 17 encontros do Real Madrid no atual Campeonato Espanhol, Kaká participou de 13, a maioria delas sentindo dificuldades ao tentar dar um passe ou chutar ao gol. "Doía até ao levantar-me da cama", lembrou o brasileiro, que nesse período "disputava partidas, sentia de novo (a lesão), voltava a melhorar" e teve de tomar uma atitude.

Durante as férias de fim de ano, o atleta resolveu parar para se recuperar "completamente". Assim, sua última exibição havia sido no longínquo 29 de novembro, na derrota por 1 a 0 para o Barcelona. Neste domingo, ele jogou por 68 minutos contra o Mallorca e se movimentou bem, chegando à conclusão de que o tratamento deu certo.

- Sofria com dores há seis ou sete meses e agora atuei sem sentir nada.

Um volta, dois param: As boas notícias para o Real Madrid, que com Kaká chegou ao quarto êxito em cinco partidas, praticamente se resumiram ao positivo retorno do brasileiro. Isso porque Rafael van der Vaart e Xabi Alonso saíram de campo machucados.

Entre eles, a situação que mais preocupa é a do holandês, que deixou o gramado para a entrada de Esteban Granero aos 20 minutos do primeiro tempo. Van der Vaart, que durante a última semana perdeu dois treinamentos devido a problemas físicos, foi diagnosticado com um estiramento na perna esquerda e ficará "de duas a três semanas" parado, segundo o site oficial dos merengues.

Alonso, por sua vez, permaneceu em campo até os 37 minutos do segundo tempo, quando cedeu espaço a Guti, que não entrava em ação desde 27 de outubro. O ex- volante do Liverpool, com dores no joelho esquerdo, ainda será examinado para saber se será desfalque nos próximos compromissos.

Fonte: R7, www.r7.com