Após vitória, Palmeiras mira o 1° lugar e diz não temer Corinthians

Após vitória, Palmeiras mira o 1° lugar e diz não temer Corinthians

Treinador não vê problemas em ter um clássico contra o Timão pela frente, mas lembra que pode ter problemas para escalar o time

Com a vitória desta quinta-feira diante do Libertad, por 1 a 0, no Pacaembu, o Palmeiras garantiu a classificação às oitavas de final da Taça Libertadores da América. Com mais uma rodada pela frente, o treinador agora mira a manutenção da liderança do grupo e diz não temer pegar o Corinthians pela frente no mata-mata da competição.

No momento, o Palmeiras é o primeiro do Grupo 2, com nove pontos ganhos. Na segunda colocação vem o próprio Libertad, com oito. Para seguir na ponta da tabela e pegar um adversário relativamente mais fraco na próxima fase, o Verdão tem de vencer o Sporting Cristal, no Peru. Caso isso não aconteça, o time precisa torcer por tropeço do Libertad diante do Tigre, no Paraguai.

? Estamos pensando em sermos o primeiro da chave. O Corinthians está em um momento espetacular, mas não sabemos se vamos ser primeiro ou segundo. Com essa atitude que tivemos nos últimos jogos, mesmo se for um clássico, não vamos ter receio. Vai ser da mesma forma e com a mesma atitude ? disse o treinador.

O Corinthians já encerrou sua participação na fase de grupos da Libertadores como líder de sua chave.


Após vitória, Palmeiras mira 1° lugar no grupo e diz não temer Corinthians

Mesmo com a gana de se classificar na liderança, o treinador Gilson Kleina ressalta que terá de estudar a melhor maneira de armar sua equipe. Com Henrique e Vinícius pendurados com dois cartões amarelos na competição, ele irá definir se colocará a dupla em campo contra o Sporting Cristal correndo o risco de perdê-los para a primeira partida do mata-mata. Para a última partida, Vilson, que pegou dois jogos de suspensão por expulsão diante do Tigre, na Argentina, poderá ser escalado novamente.

? Temos de fazer bem a leitura. Estamos classificados. O lado bom é que vamos inscrever mais três, jogadores saindo do DM. Temos uma reposição dos setores e da mesma forma não temos o luxo de escolher a ou b. No ultimo jogo, temos jogadores pendurados. Temos de ver como podemos ir para o Peru. O sentimento é de tentar sair como primeiro para fazer a segunda em casa. Temos de ser inteligentes no mata-mata ? concluiu.

Fonte: GloboEsporte