Argentino marca no fim e Atlético-MG bate a Ponte Preta

Com isso, o Atlético-MG somou seus três primeiros pontos na competição e ainda quebrou um tabu

O Atlético-MG não quis saber de dar boas-vindas na volta da Ponte Preta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, em Campinas, o time mineiro contou com um gol do argentino Escudero, aos 45min do 2º tempo, para vencer a partida por 1 a 0. Com isso, o Atlético-MG somou seus três primeiros pontos na competição e ainda quebrou um tabu - foi a primeira vez que o time bateu a Ponte fora de casa em jogos oficiais.

O jogo até começou quente - o primeiro lance de perigo veio aos 4min e aconteceu após uma cobrança de escanteio: Somália cabeceou na área e deu trabalho para o goleiro Giovanni. Mas era o Atlético-MG que tinha mais consistência e por isso criou duas boas chances de gol: aos 6min, Réver ficou livre após cruzamento e chutou para fora. Aos 10min, Bernard acertou um chute perigoso e por pouco não superou Lauro.

Depois disso, a partida ficou mais equilibrada e a Ponte também chegou perto de abrir o placar: aos 16min, Somália entrou na área e driblou Lauro, mas seu chute foi barrado por Richarlyson. As respostas da equipe mineira vieram com André, mas só no final do primeiro tempo: aos 42min, ele cabeceou perto do gol. Já aos 46min o centroavante tabelou com Mancini e chutou forte, mas Lauro defendeu.

Nem Ponte e nem Atlético voltaram bem do intervalo. Os times demoraram para criar boas jogadas, por isso Kleina e Cuca começaram a fazer substituições. Até que, aos 18min, um lance polêmico aconteceu: Leonardo Silva falhou na área, e Roger tentou encobrí-lo. Não conseguiu e a bola ainda sobrou para Renê Junior, que teve seu chute travado. Depois, Roger partiu para a reclamação, alegando que a bola teria tocado na mão do zagueiro atleticano.

O Atlético-MG não quis saber da polêmica e melhorou na partida. Tanto que, aos 39min, Richarlyson arriscou de muito longe e por pouco não conseguiu abrir o placar. A bola até foi desviada por Lauro, mas ainda resvalou no travessão. A pressão foi tamanha que resultou em gol aos 45min, quando Escudero aproveitou sobra na área e cabeceou para o fundo do gol.

Ficha técnica

PONTE PRETA 0 x 1 ATLÉTICO-MG

Gols

ATLÉTICO-MG:

Escudero, aos 45min do 2º tempo

PONTE PRETA: Lauro; Cicinho, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, João Paulo, Somália (Renê Jr.) e Enrico (André Dias); Tony (Nadson) e Roger

Treinador: Gilson Kleina

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Carlos César (Marcos Rocha), Réver, Rafael Marques e Richarlyson; Pierre, Dudu Cearense (Leonardo Silva), Bernard, Danilinho e Mancini (Escudero); André

Treinador: Cuca

Cartões amarelos

PONTE PRETA: Ferron, Cicinho e Renê Júnior

ATLÉTICO-MG: Marcos Rocha, Réver, Richarlyson, Dudu Cearense, Bernard


Argentino marca no fim e Atlético-MG bate a Ponte Preta

Fonte: Terra