Ring girl do UFC dá resposta a Ronda Rousey após provocação em revista

Ring girl foi citada pela lutadora, que disse ter tido vontade de vencê-la em um ranking das mulheres mais sexies do mundo feito por revista americana

Após ficar em 29º lugar no ranking das mulheres mais sexies de 2013 da revista americana "Maxim", e ver a ring girl Arianny Celeste ficar em 18º, a campeã feminina dos pesos-galos do UFC, Ronda Rousey, deu uma entrevista à publicação, e não poupou ninguém. Após criticar a brasileira Cris Cyborg, chamando-a de "uma vergonha para o MMA feminino", as Olimpíadas, dizendo que "nunca deram a mínima para mim após eu deixar de ser atleta olímpica" e as ring girls, afirmando que "a razão para elas não serem chamadas para estrelar filmes é que, apesar de bonitinhas, não têm nenhum talento", a lutadora respondeu, ao ser perguntada sobre quem acha que estava melhor colocada que ela no ranking da revista que não deveria estar, que gostaria de ter ficado em melhor posição que Arianny Celeste.


Arianny Celeste dá resposta a Ronda Rousey após provocação em revista

- Teria sido engraçado se eu tivesse ganhado de Arianny Celeste, porque teria sido como um triatleta vencendo corredores em uma maratona. Algo como: "Ha-ha, seu trabalho é mostrar os peitos, e eu faço isso melhor que você". Talvez eu consiga ano que vem. Ela só pode envelhecer até lá, enquanto eu estou chegando ao meu auge.

Em entrevista à rádio "MMA Junkie" no último sábado, a ring girl finalmente respondeu à provocação da lutadora.

- Eu não gosto da forma como ela se promove. Não acho que seja um bom exemplo para as mulheres. Acho que as mulheres devem das força umas às outras. Fui citada pessoalmente por ela, mas nem a conheço. Só a vi duas vezes. Ela falou algumas coisas na entrevista à "Maxim", e muita gente viu uma referência a mim. Mas eu não interpretei assim. O fato é que ela abriu o caminho para as mulhers no MMA, assim como eu fiz com as ring girls do UFC. Ela deveria reconhecer isso e ser uma pessoa legal.

Fonte: GloboEsporte