Armero, ex-Flamengo e Palmeiras, é preso por violência doméstica

A mulher do jogador contou que foi agredida pelo atleta.

Nesta terça-feira, o lateral-direito Pablo Armero, ex-jogador do Palmeiras e do Flamengo, foi detido em Miami, nos Estados Unidos, acusado do crime de violência doméstica. De acordo com a reportagem local, o caso aconteceu em um hotel na cidade norte-americana onde o atleta passa férias com a família.

No relatório policial há descrito que os oficiais chegaram ao local depois de diversas queixas. No quarto onde o casal estava hospedado, os agentes encontraram fios de cabelos no chão e uma mulher, que seria a esposa de Armero, aos prantos e com falhas no cabelo.

De acordo com a mulher, os dois saíram para beber e, ao retornar ao hotel, o lateral a teria agredido, porque ela recusou a investidas dele. Armero teria pegado uma máquina de cortar cabelo do hotel e, de maneira forçada, teria cortado o cabelo dela. O jogador, porém, alega que foi a própria mulher quem pediu para que ele cortasse o cabelo dela.

O colombiano, que está na Udinese, foi levado pelos policiais e aguardará julgamento. Horas antes do caso, o jogador publicou uma foto com toda a família na sua rede social. Pablo Armero não foi convocado para defender a seleção da Colômbia na Copa América Centenário, que será realizada nos EUA entre 3 e 26 de junho.

Pablo Armero e esposa (Crédito: Reprodução)
Pablo Armero e esposa (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Extra