Às vésperas de seu primeiro clássico paulista Corinthians, Ronaldo clama por paz

No futebol brasileiro, Ronaldo disputou apenas um clássico: Cruzeiro x Atlético-MG.

No futebol brasileiro, Ronaldo disputou apenas um clássico: Cruzeiro x Atlético-MG. Atualmente, o duelo entre os mineiros é considerado um dos mais violentos fora de campo. Às vésperas de seu primeiro confronto desse tipo com a camisa do Corinthians, o camisa 9 reconhece a rivalidade que há contra o Palmeiras, mas faz um pedido: que as torcidas colaborem e fiquem em paz.

- O palmeirense não tem que ter raiva do corintiano, e nem o corintiano raiva do palmeirense. Tem que acabar essa violência nos estádios brasileiros. Isso é muito feio, e essa imagem é que vai para Europa - declarou o atacante.

Quando questionado se faz falta ao futebol brasileiro jogadores que dão declarações polêmicas perto da dia do clássico, Ronaldo não levou o assunto muito adiante. Ele exaltou o respeito que existe entre os atletas e não quis apimentar a disputa entre Palmeiras e Corinthians, no próximo domingo, em Presidente Prudente.

- Esse tipo de provocação já fazem normalmente, eu não preciso fazer. Não gosto de alimentar essa rivalidade. Dentro de campo há o respeito entre os atletas - comentou o camisa 9 do Corinthians.

Ao menos nos bastidores, as diretorias de Corinthians e Palmeiras têm trabalhado juntas para promover um clássico da paz. Nesta sexta-feira, aliás, representantes das duas equipes vão anunciar na sede da Federação Paulista de Futebol algumas ações conjuntas para o jogo de domingo, em Presidente Prudente.

Fonte: Globo Esporte