Santos bate Palmeiras e inverte vantagem na semi

Atacantes brilham, Santos bate Palmeiras e inverte vantagem na semi

Em uma Vila Belmiro completamente tomada e com quase 18 mil pagantes, o Santos fez valer a força de atuar em casa e contou com as estrelas de Neymar e Kléber Pereira para vencer o Palmeiras por 2 a 1, neste sábado, em partida de ida da semifinal do Campeonato Paulista.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

03min - Diego Souza encontra Keirrison livre na área. Atacante cabeceia. Fábio Costa faz linda defesa e espalma bola para escanteio.

07min - Tabela entre Neymar e Triguinho. Camisa 7 chuta cruzado com perigo. Kléber Pereira se atira, mas não alcança a bola.

08min GOOOOOL DO PALMEIRAS Cleiton Xavier encontra Keirrison sem marcação. Artilheiro para em Fábio Costa no primeiro lance, mas aproveitou o rebote para marcar de cabeça.

12min - Neymar arrisca de longa distância. Marcos defende.

16min - Neymar invade área e supera Marcos. Maurício Ramos impede o gol santista.

18min - GOOOOOL DO SANTOS Palmeiras não corta cruzamento em jogada de escanteio. Pereira aproveita falha rival e chuta de dentro da área

28min - Jogada ensaiada em cobrança de falta. Sem marcação, Maurício Ramos erra cabeceada.

37min - Nova jogada ensaiada de falta do Palmeiras. K9 cabeceia. Fábio costa dá um tapa na bola e manda para escanteio.

SEGUNDO TEMPO

01min GOOOOL DO SANTOS - Neymar recebe bola na entrada da grande área, gira, e com categoria chuta no canto direito de Marcos, que ficou imóvel na jogada. Belo gol.

07min - Marquinhos escapa de marcação, invade a área, mas para em Fábio Costa.

14min - Pereira chuta com o pé esquerdo de fora da área. Sem perigo.

26min - Cleiton Xavier finaliza de fora da área, mas sem direção.

36min - Róbson tabela com Brum e fica na frente de Marcos. Bem colocado, goleiro defende

39min - Marquinhos ameaça cruzar, mas arrisca chute em gol. Adiantado, Fábio Costa se estica para evitar gol

43min - Marquinhos dribla dois e chuta. Bem no jogo, Fábio Costa faz mais uma defesa difícil

Com o placar conquistado, o Santos inverte a vantagem conquistada pelo Palmeiras, que encerrou a primeira fase do Estadual na liderança da tabela. Agora, a equipe alvinegra pode até empatar o jogo de volta que se classifica. Já o time alviverde precisa de uma vitória por qualquer placar para avançar à decisão do Paulista.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado e no mesmo horário, mas no Palestra Itália, em São Paulo. Antes, porém, o Palmeiras recebe o Sport na quarta-feira, pela Copa Libertadores da América, às 19h30, em mais uma decisão da equipe palmeirense.

O jogo

Em um primeiro tempo repleto de chances para as duas equipes, as defesas de Santos e Palmeiras pareciam disputar o posto de quem errava mais o posicionamento, fosse em passes curtos do ataque rival ou em cobranças de escanteios. No time da Vila, Triguinho e Astorga não se entendiam. Na equipe alviverde, Danilo e Armero davam espaços para as investidas de Madson e Neymar.

Com a participação constante dos goleiros Marcos e Fábio Costa, os times desceram para o vestiário com o placar empatado por 1 a 1, mas poderiam ter encerrado a primeira etapa com vitória parcial de Santos ou Palmeiras, tamanho o apetite ofensivo das duas equipes em campo.

Apostando no trio rápido formado por Cleiton Xavier, Diego Souza e o carrasco Keirrison, o Palmeiras abriu o placar em uma de suas especialidades: o ataque rápido de passes curtos. Logo aos 8min, em trama pelo lado esquerdo, o número 9 alviverde abriu o placar, marcando seu décimo gol em quatro jogos contra o Santos.

Apenas dez minutos depois e muita pressão, a equipe santista chegou ao empate. Em escanteio cobrado por baixo, toda a defesa do Palmeiras só assistiu a bola passar e o artilheiro Kléber Pereira não perdoou. Dominou e bateu forte para vencer Marcos, igualando o placar.

Com a partida equilibrada e o ritmo mais lento, Fábio Costa trabalhou mais do que Marcos e segurou o empate até o final do primeiro tempo. Na defesa alviverde, o goleiro palmeirense viu sua defesa melhorar e manter o ataque do time santista sob controle.

"Estamos disputando uma partida digna de semifinal de Campeonato Paulista. O Palmeiras veio jogar e o Santos também quer a vitória em casa. Com certeza está sendo um bom jogo", afirmou Marcos, ao deixar o gramado da Vila Belmiro.

Na volta para a segunda etapa, o Santos retornou com o mesmo time e o Palmeiras contou com a presença de Sandro Silva e Marquinhos no lugar de Edmílson e Ortigoza, respectivamente. Mas as mudanças não puderam nem surtir efeito. Logo a 1min, Neymar recebeu na intermediária, tirou seu marcador, virou e bateu seco no canto direito de Marcos, que nada pôde fazer para evitar a virada santista.

Com o segundo gol santista, a equipe da casa diminuiu o ritmo e viu o Palmeiras ainda desorganizado em campo com as mudanças efetuadas pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Com o pedido de Neymar para deixar o gramado, Vagner Mancini colocou Germano e chamou o rival para seu campo de defesa.

Apesar da pressão, o Santos se manteve firme na defesa e teve até mesmo a chance de ampliar o placar na Vila Belmiro, em chance desperdiçada por Robson. Entretanto, com a vitória garantida, o time alvinegro se fechou, manteve o placar e inverteu a vantagem palmeirense na semifinal.

SANTOS 2 X 1 PALMEIRAS

SANTOS

Fábio Costa; Pará, Fabão, Astorga e Triguinho, Roberto brum, Rodrigo Souto, Mádson (Roni) e Paulo Henrique (Robson), Kléber Pereira e Neymar (Germano).

Técnico: Vagner Mancini

PALMEIRAS

Marcos; Fabinho Capixaba (Lenny), Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Edmílson (Sandro Silva), Cleiton Xavier e Diego Souza; Ortigoza (Marquinhos) e Keirrison.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Data: 11/4/2009 (sábado)

Horário: 18h10 (de Brasília)

Local: estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)

Público e renda: 17.773 pagantes e R$ 560.350,00

Árbitro: Wilson Luiz Seneme

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Everson Luiz Luquesi Soares

Cartões amarelos: Cleiton Xavier (PAL), Pará (SAN), Fabão (SAN), Pierre (PAL), Ortigoza (PAL), Marquinhos (PAL), Astorga (SAN), Robson (SAN), Rodrigo Souto (SAN), Sandro Silva (PAL), Roni (SAN)

Gols: Keirrison (PAL), aos 8min, e Kleber Pereira (SAN), aos 18min, do primeiro tempo; Neymar (SAN), a 1min, do segundo tempo.

Fonte: AE