Atlela morre após sofrer parada cardíaca

Treinador e médico chegaram a usar desfibrilador, mas menino não resistiu

O atleta espanhol Samuel Navarro Rojas, de 16 anos, morreu na noite de sexta-feira depois de sofrer uma parada cardíaca quando treinava na pista de atletismo das Instalações Esportivas de La Cartuja, em Sevilha, na Espanha. Ele era campeão nacional dos 1.000 metros em pista coberta na categoria cadete.

Segundo o Conselho de Turismo, Comércio e Esporte, o treinador da instalação, ajudado por um médico que se encontrava no local, utilizou o desfibrilador de que o complexo dispõe e fez massagem cardiopulmonar até a chegada de uma ambulância. Depois de mais de 1 hora tentando reanimar o menino, os médicos constataram o óbito.

Samuel, que completou 16 anos no dia 1º de março, chegou à instalação para treinar depois de ter ficado alguns dias parado por conta de um leve acidente de moto, que lhe rendeu um arranhão no joelho. O treinamento seria leve, mas, depois das primeiras corridas, ele decidiu continuar. Conversava com o treinador e com outros atletas quando desmaiou.

Fonte: Globo Esporte