Atlético de Madri tem interesse em contratar Felipão em 2012

Técnico é desejo antigo do clube europeu, que está prestes a demitir Gregorio Manzano. Contrato com o Palmeiras vai até dezembro de 2012

Luiz Felipe Scolari já manifestou por várias vezes a vontade de permanecer no Palmeiras. No entanto, a perspectiva de reforços modestos e as rusgas acumuladas durante a atual temporada podem fazer o técnico deixar o Verdão antes do fim do seu contrato, em dezembro de 2012.

Nesta sexta-feira, o jornal espanhol "As" revelou o interesse do Atlético de Madri em contar com o técnico, campeão mundial em 2002 com a Seleção Brasileira. O atual técnico, Gregorio Manzano, está na corda bamba e deve perder o cargo nos próximos dias.

Apesar de nunca ter trabalhado na Espanha, Felipão tem uma relação estreita com o Atlético de Madri. Ele já esteve em negociações com o clube por duas vezes ? antes e depois de treinar o Chelsea, da Inglaterra, entre 2008 e 2009. As conversas não avançaram, mas Felipão deixou uma boa impressão nos dirigentes espanhóis. Ano passado, um cartola do clube de Madri esteve na Academia de Futebol para falar com Felipão sobre alguns jogadores brasileiros ? ele queria saber a opinião do treinador, por exemplo, sobre o zagueiro Miranda, do rival São Paulo. Felipão ?deu o aval?, e o jogador foi contratado.

O técnico já recebeu sondagens de outros clubes europeus desde que retornou ao Brasil. O Sporting-POR foi um dos interessados, muito pelo trabalho feito por Felipão à frente da seleção portuguesa, entre 2002 e 2008. No entanto, o interesse não avançou por conta da vontade dele em ficar no Brasil.

Desde julho de 2010 no comando do Palmeiras, Felipão tem lidado com problemas na administração do clube. Até o meio desta temporada, teve de resolver questões que não eram de sua alçada, como disputas políticas e contratações. Dizendo-se de ?saco cheio?, afirmou recentemente que se limitaria a cuidar do que acontecia dentro de campo. Até uma anulação da multa rescisória de seu contrato foi sugerida ao presidente Arnaldo Tirone, que recusou a proposta.

De férias, Luiz Felipe Scolari está viajando pelo Brasil e não fala sobre propostas. Ele se reapresenta no Verdão no dia 4 de janeiro, e espera que os reforços pedidos já estejam contratados. Apesar de ter apresentado uma lista de 12 nomes de peso, o clube só contratou até agora o lateral-esquerdo Juninho, ex-Figueirense, que não constava na relação enviada pelo comandante.

Fonte: GloboEsporte.com