Atlético-GO surpreende e derruba sensação Coritiba: 1 a 0

Invicto em seu estádio até então no ano, o Coritiba não poupou jogadores

O Atlético-GO conseguiu um bom resultado em sua estreia no Campeonato Brasileiro 2011. Jogando no Estádio Major Couto Pereira, em Curitiba, o time rubro-negro resistiu à pressão do embalado Coritiba e venceu por 1 a 0, graças a um gol marcado pelo atacante Marcão no segundo tempo da partida.

Invicto em seu estádio até então no ano, o Coritiba não poupou jogadores em virtude da Copa do Brasil, pela qual entra novamente em campo no meio de semana. Mesmo acuado, o time de Goiás se fechou bem na defesa e conseguiu seus primeiros três pontos no Brasileiro, apesar de ter deixado o campo sem o goleiro Márcio.

Jogando fora de casa e contra um time empolgado, o Atlético-GO Márcio ainda na primeira etapa - o goleiro sentiu dores e foi substituído ainda na etapa inicial por Roberto. O Coritiba, que pressionava, chegou com perigo pela primeira vez aos 25min do primeiro: após girar em cima da marcação, Bill chutou forte e parou na defesa de Márcio, ainda titular.

Cinco minutos depois, já com Roberto no time, quem foi parado foi Ânderson Aquino, que aproveitou a sobra no cruzamento de Rafinha e só foi parado pela boa defesa do goleiro reserva. Muito defensivo, o Atlético-GO criava pouco, e aguardava os erros do Coritiba para tentar um contra-ataque - sem sucesso.

No começo do segundo tempo, o Coritiba chegou a abrir o placar, mas a arbitragem anulou o gol: aos 9min, Rafinha levantou a bola pela direita na área, onde Bill apareceu sozinho para cabecear em condição de impedimento. Mais tarde, aos 22min, Geraldo levantou pela esquerda para Rafinha, que arrumou de cabeça na direita e mandou a bola na área para Bill; o atacante apareceu sozinho, mas falhou na finalização e mandou para fora.

O Coritiba pressionava, com novas chances de Bill e Léo Gago, mas quem chegou ao gol de fato foi o Atlético-GO, justamente em sua primeira grande oportunidade. Aos 28min, Thiago Feltri tabelou pela esquerda, escapou da marcação e cruzou para a área; mesmo marcado, o atacante Marcão dividiu e desviou para fazer 1 a 0.

De quebra, os atleticanos passaram perto do segundo gol, em chute de Felipe na trave aos 38min. O Coritiba, acusando o golpe, não conseguiu mais mostrar o mesmo poder ofensivo e deixou o campo derrotado. Agora, tenta a reabilitação no próximo domingo, quando encara o Corinthians em Araraquara (SP) - no mesmo dia, o Atlético-GO recebe o Fluminense.

Fonte: Terra, www.terra.com.br