Atacante Adriano Imperador assina contrato com o Atlético Paranaense

O time rubro-negro corre contra o tempo para que o recém-contratado possa jogar a Libertadores.


Atlético-PR confirma contratação de atacante Adriano o Imperador

O Atlético-PR confirmou nesta terça-feira por meio de seu Twitter oficial a contratação do atacante Adriano. O jogador, que já vinha treinando com o elenco rubro-negro desde o início da temporada, agora virou mesmo reforço oficial da equipe para a temporada 2014.

Mais magro, o centroavante de 31 anos deve assinar contrato de produtividade com o clube paranaense. As cifras do acordo rondam os R$100 mil mensais. O time rubro-negro corre contra o tempo para que o recém-contratado possa jogar a Libertadores.

Chegada

Adriano chegou ao Atlético-PR no dia 3 de dezembro de 2013. Durante o mês, o atacante mostrou que estava focado e com o objetivo de retornar, quem sabe pela última vez, ao futebol. Sob o auxílio do preparador físico Moraci Sant"anna, que saiu do clube no início de janeiro, Adriano demonstrava que a recuperação caminhava a um final feliz. Essa experiência na parte física, inclusive, foi um dos fatores que trouxeram o craque ao CT do Caju.

Além disso, o modelo de gestão praticado pelo time paranaense, que recuperou atletas como Washington e Rodolfo, fora de ter uma política restrita à imprensa em geral e estar longe da capital carioca, ajudaram nesta nova tentativa do jogador.

Turbulência e assinatura

A preocupação do Atlético-PR era com as festas de final de ano. Liberado para viajar ao Rio de Janeiro e retornar no dia 3 de janeiro, o jogador surpreendeu e cumpriu o acordo ? sem atraso e com a parte física em dia.

Porém, a turbulência na relação veio um tempo depois. Devido a uma viagem a negócios do presidente Mario Celso Petraglia em uma semana e o problema com o atraso na reforma da Arena da Baixada na semana seguinte, a discussão e assinatura do contrato foram canceladas.

Essa demora desagradou a Adriano. Na semana seguinte, o elenco principal teve folga na terça-feira e deveria se reapresentar na quinta-feira. O atleta, entretanto, não apareceu alegando que precisava registrar sua recém-nascida filha Lara.

O "sumiço" se estendeu por nove dias, no total. Sua volta aconteceu no dia 30 de janeiro, quando teve uma reunião com a diretoria do Atlético-PR para discutir detalhes do contrato e assinar por um salário de R$ 50 mil com metas estabelecidas.

A confirmação da classificação a Libertadores fez com que existisse um aceleramento e valorização, com o novo salário chegando a R$ 100 mil, além de ganhos por produtividade (partidas, gols, assistências e venda de camisa), fora a vinda patrocínios através da empresa de marketing Roi Esportes ? todos os quesitos estabelecidos anteriormente. A assinatura oficial aconteceu nesta manhã. O Atlético-PR ainda vai pagar a moradia do jogador em Curitiba.

A Conmebol estabelece prazo para as equipes enviarem a lista de relacionados em até 48 horas antes da estreia. Para que o atacante esteja entre os atletas rubro-negros, é necessária que a regularização dele no quadro da CBF e a futura inscrição na Federação Sul-Americana sejam realizadas ainda nesta terça-feira.

O Atlético-PR estreia na fase de grupos quinta, contra o The Strongest (BOL), às 20h, na Vila Capanema. O atacante treina entre os titulares, sob o comando do treinador Miguel Portugal, e caso a papelada seja posta em dia, deve ser relacionado e ficar no banco contra os bolivianos, por ainda não ter ritmo de jogo.


Atlético-PR confirma contratação de atacante Adriano o Imperador

Fonte: r7