Avaí bate "time ideal" do Internacional no Beira-Rio

Avaí bate "time ideal" do Inter no Beira-Rio e ganha sobrevida

Mesmo jogando com a equipe titular que deve ir ao Mundial de Clubes, o Internacional foi derrotado pelo Avaí por 3 a 2, neste domingo, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de Patric, Batista e Robinho, o clube catarinense conquistou uma importante vitória na luta contra o rebaixamento. Já os tentos dos gaúchos foram anotados por Leandro Damião e Rafael Sóbis.

O resultado positivo deixa o Avaí com 37 pontos, dois a menos que o Vitória, que é o primeiro clube fora da zona de degola. Já o Internacional, que já não tem maiores pretensões na competição, segue com 51 pontos.

Na próxima rodada, o clube colorado vai até o Rio de Janeiro encarar o Botafogo, no Engenhão, enquanto o Avaí recebe o Atlético-GO, em mais um jogo-chave na luta contra o rebaixamento.

O jogo

A partida começou com um gol relâmpago do Avaí, aos 14 segundos. Após a saída de bola, o lateral Patric avançou pela direita e trocou passes com Robinho e Vandinho, antes de finalizar no alto, sem chances para o goleiro Lauro.

O gol mudou o rumo da partida e os jogadores do Internacional, não conseguiram ter tranquilidade para criar boas chances de gol na primeira etapa. Na única oportunidade, o argentino D"Alessandro cobrou escanteio e Alecssandro cabeceou para boa defesa de Zé Carlos.

Porém, em uma rápida jogada de contra-ataque, a equipe catarinense conseguiu ampliar a vantagem no placar, desta vez pelo lado esquerdo. Eltinho fez boa jogada e rolou para Batista, que chutou com força, a bola desviou antes de estufar as redes.

Já na segunda etapa, o Inter voltou mais ligado, com boas jogadas no meio de campo com Giuliano e D"Alessandro. Logo aos 9min, o time da casa conseguiu diminuir com Leandro Damião, que havia entrado no lugar de Alecssandro. O camisa 16 recebeu passe em velocidade e chutou cruzado, a bola deu uma leve desviada no gramado e enganou o goleiro Zé Carlos.

E a reação do Inter continuou e cinco minutos depois Rafael Sóbis conseguiu empatar a partida, com um belo gol. Após receber belo passe de Giuliano, o camisa 11 girou e bateu no ângulo, sem chances para o goleiro Zé Carlos.

No momento em que parecia que os donos da casa iriam virar a partida, o Avaí conseguiu marcar o gol de desempate aos 17min. Patric recebeu bela bola na direita e cruzou na medida para Robinho, que sozinho na pequena área cabeceou para as redes.

Dois minutos depois, mostrando o ritmo eletrizante da partida, Leandro Damião cabeceou e Eltinho salvou em cima da linha. Aos 27, D"Alessandro bateu falta e Zé Carlos defendeu bem.

Os minutos se passavam e o Internacional até ameaçava o Avaí, mas não conseguia ser muito incisivo. Do outro lado, os catarinenses chegavam bem nos contra-ataques, mas também não conseguiam finalizar. No final ainda houve um princípio de confusão entre os atletas, mas o resultado acabou sendo mesmo de vitória para os catarinenses.

FICHA TÉCNICA

Internacional 2 x 3 Avaí

Gols

Internacional: Leandro Damião, aos 9 minutos do segundo tempo, Rafael Sóbis, aos 14 minutos do segundo tempo

Avaí: Patric, a 1 minuto do primeiro tempo, Batista, aos 38 do primeiro tempo e Robinho, aos 17 do segundo tempo

Ponto Forte do Internacional

O bom início de segundo tempo, em que a equipe mudou a postura e conquistou o empate em menos de quinze minutos.

Ponto Forte do Avaí

A velocidade nos contra-ataques que levou à equipe a incomodar bastante os gaúchos

Ponto Fraco do Internacional

A equipe teve uma atuação bem abaixo do esperado e não conseguiu se impor atuando em seus domínios

Ponto Fraco do Avaí

A equipe catarinense entrou sonolenta para o segundo tempo e quase complicou a boa vantagem conquistada na primeira etapa

Personagem do jogo

O volante Robston, autor de dois gols no jogo.

Esquema Tático do Internacional

4-4-2

Lauro; Nei (Andrezinho), Bolívar, Índio e Kléber; Wilson Mathias (Glaydson), Guiñazu, Giuliano e D¿Alessandro; Rafael Sóbis e Alecssandro (Leandro Damião). Técnico: Celso Roth

Esquema Tático do Avaí

4-4-2

Zé Carlos; Patric, Emerson Nunes, Émerson e Eltinho; Rudnei (Jeferson), Batista, Diogo Orlando e Caio; Robinho (Daniel Tiago) e Vandinho (Marcelinho). Técnico: Vagner Benazzi

Cartões Amarelos

Internacional: Andrezinho, Guiñazu e D¿Alessandro

Avaí: Eltinho e Robinho

Árbitro

Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Local

Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Fonte: Terra, www.terra.com.br