Bahia vence, e Fla chega ao sexto jogo sem triunfo

Bahia vence, e Fla chega ao sexto jogo sem triunfo

Com gols de Titi, Dodô e Souza, todos eles no primeiro tempo, o Bahia alcançou sua quarta vitória

Mesmo sem o técnico René Simões, demitido após o empate com o América-MG no meio de semana, o Bahia mostrou força no Rio de Janeiro neste domingo e aumentou a crise do Flamengo no Campeonato Brasileiro. No Engenhão, a equipe que está perto de fechar com Joel Santana derrotou o time rubro-negro por 3 a 1 e estendeu o jejum de vitórias na competição nacional.

Com gols de Titi, Dodô e Souza, todos eles no primeiro tempo, o Bahia alcançou sua quarta vitória no campeonato, sendo a segunda no Rio de Janeiro - a outra havia sido em junho, por 1 a 0 sobre o Fluminense. Já o Flamengo, que descontou com Renato Abreu de falta, não comemora um triunfo no Brasileiro desde que fez 1 a 0 no Coritiba, em 6 de agosto.

Desde então, foram seis jogos do Flamengo no torneio nacional, com três empates e três derrotas. Neste período, as única vitórias foram conquistadas pela Copa Sul-Americana, ambas por 1 a 0 nos confrontos com o Paraná.

Em mau momento, o Flamengo segue com 36 pontos ganhos na quinta colocação do torneio, ainda distante do Corinthians na briga pelo primeiro lugar. Já o Bahia aproveitou para chegar aos 24 e seguir fora da zona de rebaixamento nesta 21ª rodada.

Flamengo e Bahia voltam a campo na quinta-feira, pela 22ª rodada do Brasileiro. O time rubro-negro vai a São Paulo desafiar o líder Corinthians, às 21h50 (de Brasília) no Pacaembu, enquanto o Bahia recebe o Grêmio um pouco mais cedo no Estádio de Pituaçu, às 20h30.

O jogo

Apesar do momento conturbado que vive, o Bahia não se importou em ir para cima do Flamengo no Engenhão e complicou a vida da equipe rubro-negra no primeiro tempo. Os visitantes mostraram boa disposição para complicar a saída de bola dos cariocas, que encontraram dificuldades e cometiam muitos erros.

Depois de o Fla tentar algumas investidas sem sucesso ao ataque, o Bahia fez uso da bola parada para surpreender e marcar o primeiro da partida. Ricardinho cobrou escanteio na área, Fabinho desviou na entrada da área e Titi, livre na pequena área, completou para as redes aos 22min.

O Flamengo até que ameaçou reagir e empatou aos 29min com Renato Abreu. O meio-campista cobrou falta de longa distância e contou com um desvio na barreira: o goleiro Tiago foi pego no contrapé e não conseguiu se recuperar no lance para impedir que a bola cruzasse a linha.

Mas o empate no Engenhão durou pouco, e o Bahia aproveitou duas falhas da defesa rubro-negra para fazer dois gols antes do intervalo. Primeiro foi o jovem lateral esquerdo Dodô, que recebeu passe de Souza na área e tocou na saída de Felipe para desempatar aos 33min. Aos 45min, após novo escanteio na área, a zaga do Flamengo parou para ver Souza, oportunista, ampliar.

O Flamengo voltou melhor para o segundo tempo e tratou de pressionar o Bahia para descontar a diferença no marcador. Logo aos 4min, Tiago fez bela defesa após desvio de cabeça de Renato e foi exigido novamente aos 8min, em chute de fora da área de Junior Cesar.

Luxemburgo apostou em uma mudança tripla para fazer o Flamengo reagir no segundo tempo: trocou Léo Moura, Bottinelli e Deivid por Fierro, Negueba e Diego Maurício. Entretanto, as mudanças não deram o efeito esperado, e o time carioca não chegou a ser tão perigoso. O Bahia, na verdade, que acabou levando perigo: em jogada de contragolpe, Jones Carioca chutou rasteiro e Felipe fez a defesa em dois tempos.

Foram poucas as oportunidades do Flamengo ao longo do segundo tempo. A equipe visitante soube se fechar e administrar o placar, mantendo a bola longe de seu gol e preservando a posse de bola quando estava no campo de ataque.

Júnior chegou a ter uma ótima chance para fazer o quarto do Bahia, quando aplicou um chapéu dentro da área e bateu com estilo, mas Felipe fez boa defesa. O Flamengo chegou a colocar a bola nas redes com Negueba aos 42min, mas a arbitragem invalidou a jogada.

Ficha técnica

FLAMENGO 1 x 3 BAHIA

Gols

FLAMENGO:

Renato Abreu, aos 29min do 1º tempo

BAHIA:

Titi, aos 22min; Dodô, aos 33min; e Souza, aos 45min do 1º tempo

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura (Fierro), Gustavo, Ronaldo Angelim e Junior Cesar; Willians, Renato Abreu, Bottinelli (Negueba) e Thiago Neves; Deivid (Diego Maurício) e Jael

Treinador: Vanderlei Luxemburgo

BAHIA: Tiago; Jancarlos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fabinho, Fahel, Carlos Alberto (Diones) e Ricardinho; Souza (Junior) e Reinaldo (Jones)

Treinador: Eduardo Barroca

Cartões amarelos

FLAMENGO: Gustavo, Ronaldo Angelim e Renato Abreu

BAHIA: Tiago, Fabinho, Ricardinho, Carlos Alberto e Reinaldo

Árbitro

Alício Pena Junior (MG)

Local

Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra