Bahia vence, freia arrancada do São Paulo e se afasta da zona da degola

Gabriel marcou o gol do Bahia aos 26min do segundo tempo.

O Bahia superou o São Paulo por 1 a 0, neste domingo, no Estádio de Pituaçu, e conseguiu abrir seis pontos em relação ao primeiro clube na zona de rebaixamento, o Palmeiras. A vitória ainda serviu para frear a recente sequência de três triunfos consecutivos do time do Morumbi, que segue fora do G-4.

Gabriel marcou o gol do Bahia aos 26min do segundo tempo. Com o resultado, o time de Salvador foi a 23 pontos, enquanto o São Paulo continuou com 34, se afastando do Vasco, quarto colocado do Brasileiro com 38 pontos.

Até os 20min, o jogo teve bastante intensidade de ambas as equipes. O Bahia manteve maior posse de bola e explorou principalmente as chegadas à linha de fundo pela lateral e cruzamentos para o centroavante Souza, enquanto o resumo das jogadas do São Paulo eram as saídas em velocidade e finalizações de Cícero, que atuou ao lado de Lucas no setor ofensivo paulista.

No entanto, os times sentiram o forte calor de Salvador nesta tarde e o jogo cadenciado passou a favorecer o time paulista. Aos 29min, Jadson se aproveitou de erro da zaga do Bahia e saiu na cara do goleiro Marcelo Lomba, que fez importante defesa para o Bahia. Até o intervalo, poucas chances efetivas foram criadas.

Para o segundo tempo, Bahia e São Paulo voltaram a campo sem modificações, mas desta vez foram os visitantes que começaram o período comandando a posse de bola, deixando os contragolpes para o time tricolor de Salvador.

Aos 12min, Ney Franco decidiu sacar o meia Maicon para a entrada de Oswaldo, colocando mais velocidade no ataque são-paulino. A mudança surtiu efeito e os paulistas conseguiram aumentar as chegadas com perigo. Aos 18min, o atacante que acabara de entrar partiu pela esquerda e cruzou para Jadson, mas Lomba se antecipou para interceptar o passe.

Apesar do domínio são-paulino na posse de bola, o Bahia se mostrou bem postado em campo e conseguiu abrir o placar aos 26min em uma bela jogada de Gabriel. O meia se interceptou passe errado de Rhodolfo, avançou pelo meio do campo na intermediária e chutou colocado de pé direito no canto esquerdo, sem chance de defesa para Rogério Ceni.

Com o gol, o técnico do São Paulo tentou mudar as características da equipe, colocando Ademílson no lugar de Cícero e Wellington na vaga de Denilson. No entanto, o Bahia, empurrado por 26 mil torcedores - o segundo melhor público da equipe no Brasileiro - conseguiu segurar as investidas desesperadas do adversário e manteve a vitória.

Pela próxima rodada, na quarta-feira, o Bahia recebe o Atlético-MG em Pituaçu, às 19h30 (de Brasília), e o São Paulo joga contra o Inter no Morumbi, às 22h.

Ficha técnica

BAHIA 1 x 0 SÃO PAULO

Gol

BAHIA:

Gabriel, aos 26min

BAHIA: Marcelo Lomba, Neto, Danny Morais, Titi; Jussandro, Fahel (Fabinho), Diones, Hélder e Gabriel (Mancini); Zé Roberto (Jones Carioca) e Souza

Treinador: Jorginho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Tolói, Rhodolfo e Cortez; Denílson (Wellington), Paulo Assunção, Jadson e Maicon (Oswaldo); Lucas e Cícero (Ademílson)

Treinador: Ney Franco

Cartões amarelos

BAHIA: Neto, Fahel, Jussandro e Jones Carioca

SÃO PAULO: Rafael Tolói, Paulo Assunção, Cortez, Lucas e Wellington

Árbitro

Márcio Chagas (RS)

Público e renda

25.945 pagantes

Local

Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)


Bahia vence, freia arrancada do São Paulo e se afasta da zona da degola

Fonte: Terra