Barcelona goleia Ajax com três gols de Messi e boa assistência de Neymar em sua estreia

Barcelona goleia Ajax com três gols de Messi e boa assistência de Neymar em sua estreia

O jogo começou de forma rotineira para o Barcelona, que teve muito espaço e posse de bola.

Era a estreia de Neymar na Liga dos Campeões, que não sentiu o peso e até teve uma boa atuação. Mas por enquanto ele ainda é o garçom do Barcelona, enquanto Lionel Messi é o dono do espetáculo. Diante do Ajax, na Catalunha, o argentino fez três gols e foi o protagonista na goleada do time espanhol, por 4 a 0. O jogo foi válido pelo Grupo H da competição europeia, que também teve a vitória do Milan por 2 a 0 sobre o Celtic.

O jogo começou de forma rotineira para o Barcelona, que teve muito espaço e posse de bola. O Ajax tentou aplicar uma marcação dura, mas exagerou nas faltas e, em uma delas, Messi cobrou com força no canto esquerdo e saiu para comemorar o primeiro gol, aos 20min.

Mas o Ajax não se abalou. O time holandês passou a contra-atacar com qualidade e teve pelo menos duas chances de gol. Valdés brilhou em ambas, primeiro defendendo o cabeceio de Van Rhijn e depois agarrando um chute de Duarte à queima-roupa.

Neymar só teve um momento de protagonismo no primeiro tempo, em que arrancou do meio-campo sem marcação, tentou chutar colocado, mas facilitou a missão do goleiro Vermeer.

Logo no começo do segundo tempo, com a melhora do Barcelona, o protagonismo voltou a ser de Messi. Em um raro momento em que o Barcelona pegou a defesa do Ajax desprevinida, Messi recebeu a bola na ponta direita, no mano a mano com um marcador. Ele aplicou um drible com seu típico controle de bola e finalizou para o gol com a perna esquerda.

Foi o que bastou para o Barcelona se impor de vez no confronto. E foi o suficiente também para Neymar se soltar no jogo. Aos 22min, ele ja cabeceou com perigo e só não marcou porque Moisander salvou quase em cima da linha. Logo depois do escanteio gerado por esse lance, veio a assistência do brasileiro: ele cruzou da ponta esquerda na medida para Piqué se antecipar ao goleiro e balançar a rede.

Com o jogo já decidido, o técnico Gerardo Martino substituiu Neymar, mas continuou com o astro principal em campo: Messi deu continuidade ao receber a bola sozinho na entrada da área e chutar com a eficiência de sempre.

Aos 30min, o Ajax ainda perdeu a chance de salvar a própria honra com um gol. Após pênalti cometido por Mascherano, Sigthórsson teve sua cobrança defendida por Valdés, que ainda fez outras defesas no final e foi um dos melhores em campo. Entre os coadjuvantes, é claro.

Milan sua, mas vence Celtic

Em casa, o Milan teve mais dificuldades do que esperava em sua estreia pela Liga dos Campeões. Sem Kaká, que se lesionou recentemente, o time italiano esteve perto da derrota, mas conseguiu vencer o Celtic por 1 a 0, com gol do colombiano Zapata.

Após um bom começo, com chances perdidas por Balotelli e Birsa, o Milan passou a errar demais no meio-campo e terminou o primeiro tempo mal em campo. Mas o cenário ficou ainda pior no começo da etapa final, já que o Celtic melhorou, pressionou e por pouco não abriu o placar, com Commons e Stokes.

Só no final da partida vieram os gols: aos 37min, Zapata chutou para o gol e contou com um desvio no caminho para decidir o jogo. Cinco minutos depois, Muntari aumentou a vantagem.

Fonte: Terra