Bi na Austrália, Azarenka cai no choro, segue em 1º e leva R$ 5 milhões

Em Melbourne, tenista de Belarus derrota chinesa Na Li de virada, em jogo de 16 quebras, e conquista seu segundo título de Grand Slam na carreira.

O sábado valia o céu ou o inferno para Victoria Azarenka. E ela conheceu o céu. Concentrada, ouvindo música, a tenista entrou em quadra com o peso de tentar o bicampeonato do Aberto da Austrália. Com uma vitória sobre a chinesa Na Li, ela levantaria sua segunda taça de Grand Slam e garantiria a permanência como número 1 do mundo.


Bi na Austrália, Azarenka cai no choro, segue em 1º e leva R$ 5 mi

Bi na Austrália, Azarenka cai no choro, segue em 1º e leva R$ 5 mi

Em caso de derrota, veria a rival comemorar o título na Rod Laver Arena, em Melbourne, e ainda perderia a liderança do ranking da WTA para a americana Serena Williams. Mas era o dia de Vika. Mesmo perdendo o primeiro set, ela deu a volta por cima, venceu de virada por 2 sets a 1 (parciais de 4/6; 6/4; e 6/3) e levou o primeiro Slam da temporada 2013 em 2h40m. Depois da bola fora de Na Li, a melhor tenista da atualidade se rendeu à emoção e caiu no choro.

De quebra, Azarenka ainda ganhou uma bolada de R$ 5,26 milhões. Foi a maior premiação da história dos quatro maiores campeonatos de tênis (Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e Aberto dos Estados Unidos).

- Foram duas longas semanas, tem muitas coisas que queria dizer, mas não vou conseguir. Quero agradecer a todos que me ajudaram, ao meu time e aos que me apoiaram. Eu sempre terei uma memória especial desta quadra - disse a campeã.

O jogo

Em uma Rod Laver Arena lotada, parece que a pressão de disputar uma final de Grand Slam fez a diferença. Na Li começou sacando e logo no primeiro ponto do jogo cometeu uma dupla-falta. Azarenka se aproveitou e quebrou o saque. Mas a tensão não estava apenas do lado chinês da quadra. Sem se abater, Na Li devolveu a quebra, empatou o jogo e sacou para fazer 2/1. Afundando a número 1 no fundo de quadra, a chinesa mais uma vez quebrou o serviço, mas viu a rival devolver na mesma moeda no quinto game (2/3). Com uma linda paralela, a sexta do ranking da WTA desbancou o saque da tenista da Bielorrússia pela terceira vez no set e abriu 5/2.

E foi apenas no oitavo game do primeiro set que Victoria Azarenka conseguiu confirmar seu primeiro serviço na partida. Sacando para vencer a parcial, novamente Na Li sentiu a pressão e viu Vika diminuir a diferença para 4/5 e ter a chance de empatar no game seguinte. Foi aí que o nervosismo pulou para o outro lado da quadra. A número 1 errou, cometeu uma dupla-falta quando não podia e viu a adversária fazer 6/4 para vencer o primeiro set e fazer 1 a 0 no jogo. Em 45 minutos, foram sete quebras de saque e apenas três games confirmados.

Fonte: GloboEsporte