Boca Juniors recebe oferta para mudar nome do estádio La Bombonera

Torcida rejeita mudança

O Boca Juniors analisa uma proposta de investidores chineses para alterar o nome do estádio Alberto José Armando, popularmente conhecido como La Bombonera. De acordo com o jornal Olé, o time argentino teria de rebatizar o estádio com um nome oferecido pelos empresários asiáticos. Em troca, o Boca receberia entre 5 e 10 milhões de dólares por ano (R$ 16 milhões a R$ 32 milhões).

O acordo teria validade até 2027. A proposta vinda da China encontra resistência entre torcedores e diretores do Boca.

De um lado, a tradição e o vínculo sentimental com a marca "Bombonera". De outro, o presidente Daniel Angelici entende que o valor que o clube receberia supera a de vendas de atletas, principal fonte de receita.

O presidente do Boca se reunirá nesta semana com emissários asiáticos para estreitar relação e aproximar o Conselho Deliberativo do clube com os empresários. Paralelamente à negociação da venda do nome do estádio, o Boca estuda construir um novo estádio. O terreno já foi definido e comprado.


Estádio La Bombonera. Chineses querem firmar acordo com validade até 2027 (Crédito: Reprodução)
Estádio La Bombonera. Chineses querem firmar acordo com validade até 2027 (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol