Bolt quer despedida histórica no Brasil: "farei o impossível"

Bolt quer despedida histórica no Brasil: "farei o impossível"

Jamaicano já faz planos para quando deixar o atletismo, mas antes espera brilhar no Rio, em 2016: "Preciso de mais consistência na largada"

Para fazer jus à sua marca registrada, Usain Bolt passou como um raio pelo Rio de Janeiro. A caminhada foi curta, mas o homem mais rápido do mundo mostrou que tem energia dentro e fora das pistas. E quer continuar assim quando terminar a carreira, após as Olimpíadas de 2016, no Brasil.

Entre os inúmeros compromissos, que incluíram visitas ao Cristo Redentor e ao Engenhão e eventos com patrocinadores, o jamaicano concedeu entrevista exclusiva ao "SporTV News". Bolt falou que considera justo ser chamado de lenda, após ter conquistado seis medalhas de ouro nas Olimpíadas de Pequim e Londres (100m, 200m rasos e revezamento 4x100), e revelou que espera ser lembrado por muito tempo, mesmo quando deixar o esporte.

Atração por onde passa e um dos nomes mais esperados pelos brasileiros para a edição dos Jogos no Brasil, ele avisou: quer voltar a brilhar em 2016 e fazer história em sua despedida das Olimpíadas. Depois disso, Usain Bolt não pensa em sair de cena. O jamaicano tem planos de se aventurar no futebol e até mesmo no cinema.

O Rio vai ser mesmo sua última Olimpíada?

Sim, no Rio com certeza será minha última Olimpíada. Se eu sair daqui dominando, como planejo, então terei feito o impossível, vencer três vezes. E isso terá sido bom o suficiente para minha carreira.

Você consegue ser ainda mais rápido?

Acho que existe essa possibilidade.

Quão mais rápido?

Não tenho certeza. Preciso de mais consistência na largada e correr reto, sem olhar em volta. Assim eu poderia ser mais rápido.

Usain Bolt, a lenda viva do esporte. É assim que você gosta de ser chamado. Você fez por merecer?

- Sim, acho que fiz por merecer para ser chamado assim. Eu trabalhei duro por muitos anos e mereci isso nas Olimpíadas de Londres, este ano.

Você acha que estaremos falando de você daqui a 50 anos, como falamos de Pelé e Muhamed Ali?

Sim, é o que eu quero. Quero que as pessoas lembrem de mim depois que eu me aposentar. Daqui a muitos anos, quando falarem de atletismo, quero que digam: Usain Bolt foi um dos melhores. Só quero ser referência, só quero ser lembrado.

Usain Bolt

O que é melhor sobre ser uma lenda?

Apenas ser reconhecido e respeitado, principalmente por pessoas do esporte e que entendem do esporte. Recebo o respeito porque trabalhei duro para mudar o esporte, realmente coloquei o esporte no mapa porque muito mais gente quis entrar para o esporte e fazer parte disso. Para mim, ter feito isso e ser respeitado é um sentimento maravilhoso.

No seu dia a dia, você ganha muita coisa. Você precisa pagar seu almoço? As mulheres olham diferente para você?

Na Jamaica é diferente, você precisa pagar por tudo. Em outros países é um pouco diferente. Você ganha muito mais porque as pessoas não te vêem tanto e ficam tão felizes que, como você disse, o almoço é grátis. E as garotas sempre olham diferente para você quando você faz coisas grandiosas, querem estar perto de você, querem te ver.

Ouvi dizer que Hollywood está atrás de você. Você consideraria uma carreira no cinema?

Acho que não faço o tipo do cinema. Sou mais esportista. Talvez eu tente um filme, mas acho que não faria carreira no cinema.

Você gostaria de ver sua vida na telona? Quem representaria você?

Eu diria Denzel Washington. Seria bem legal. As mulheres me adoram e adoram o Denzel Washington também (risos).

Quando você diz que quer jogar futebol depois de parar de correr está falando sério?

É sério. Posso não ser o melhor, mas sou muito bom. Joguei futebol com alguns times, vi muita gente jogar, então acho que realmente consigo. Mas não quero parar de correr para tentar, pode não dar certo. Então vou esperar até depois do Rio. Nunca se sabe, posso ir bem.

Durante a entrevista, Usain Bolt também revelou que vai torcer pelo Corinthians no Mundial de Clubes, em dezembro. E emendou: "Vai, Corinthians!"

Fonte: Sportv