Botafogo e Flamengo empatam em clássico no Rio

Botafogo e Flamengo empatam em clássico no Rio

Com 42 pontos, o Botafogo segue na sexta colocação, atrás de Internacional e Atlético-PR

Em uma partida marcada pelas poucas emoções, Botafogo e Flamengo empataram neste sábado por 1 a 1. O resultado, válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi conquistado graças às bolas paradas, e pouco ajuda na situação das duas equipes na classificação.

Com 42 pontos, o Botafogo segue na sexta colocação, atrás de Internacional e Atlético-PR na briga por um lugar na Libertadores da América de 2011. O Flamengo, por sua vez, é o 15º com 30 pontos, e não afasta a crise que vive dentro e fora dos gramados.

A torcida rubro-negra bem que tentou, mas não conseguiu abafar o momento conturbado que o time vive nos bastidores. Com bandeiras e faixas de homenagem a Zico, diretor executivo de futebol do clube e demitido na madrugada de sexta-feira, os torcedores foram ao Estádio do Engenhão para apoiar a equipe. Foram frustrados, porém, pelo pouco futebol do time.

Em um primeiro tempo já morno, o Flamengo tentou abrir o placar com cruzamentos na área, mas parou no botafoguense Jefferson. Na chance de Kléberson, aos 17min do primeiro tempo, o goleiro apenas viu a defesa tirar para escanteio. Porém, aos 27min, Jefferson se posicionou bem e defendeu sem sustos a cabeçada de Jean.

Kléberson ainda arriscou novamente de longe aos 32min, parando no camisa 1. Porém, no quesito "chutes de longe", quem se deu bem foi o Botafogo. Aos 36min, Lúcio Flávio acertou bela cobrança de falta na entrada da área, mandando no ângulo esquerdo de Marcelo Lomba e abrindo o placar. De quebra, Jefferson ainda defendeu o chute de Renato aos 38min, também de fora da área.

No segundo tempo, porém, os dois times diminuíram ainda mais o ritmo. O Botafogo, na defesa, apostava nos contra-ataques - e quase ampliou aos 12min, quando Alessandro driblou Willians, chutou de fora da área e mandou a bola rente à trave de Marcelo Lomba.

Porém, como não resolveu na frente, o Botafogo pagou o preço na defesa. Aos 29min, Alessandro perdeu a bola na linha de fundo e cometeu pênalti em Ronaldo Angelim - de quebra, o lateral ainda foi expulso. Na cobrança, Petkovic parou mais uma vez em Jefferson, mas o capitão Léo Moura pegou o rebote e fez.

O Flamengo também teve um jogador expulso, Renato, por entrada violenta em Túlio Souza. Porém, o Botafogo não conseguiu sair de sua estratégia, e tudo que conseguiu foi uma última chance de perigo - desta vez, aos 44min, quem apareceu bem foi o goleiro Marcelo Lomba, espalmando o tiro com categoria de Loco Abreu.

Os dois times agora pensam na reação na 28ª rodada do Brasileiro. Na quarta-feira, o Botafogo visita o Guarani no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. No dia seguinte, o Flamengo recebe o Atlético-GO no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, em duelo rubro-negro para pensar em fugir da Série B.

Fonte: Terra, www.terra.com.br