Botafogo frustra Cruzeiro e confirma permanência de Ricardo Gomes

Cruzeiro já tinha recebido "não" de Jorginho, do Vasco

O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, confirmou, na tarde desta segunda-feira (9), a permanência do técnico Ricardo Gomes em General Severiano. O comandante tinha proposta do Cruzeiro, mas optou por seguir no clube carioca após reunião com a diretoria.

"É com enorme prazer que anuncio que o Ricardo Gomes fica conosco. Não vai nos deixar. Ele vai comandar a equipe contra o Juazeirense na quinta-feira e contra o São Paulo no domingo. Isso mostra uma confiança mútua no trabalho do Ricardo e da comissão, e do RIcardo em relação ao Botafogo", afirmou o mandatário.

Houve um reajuste salarial no contrato de Ricardo Gomes. O comando alvinegro considerou a permanência do comandante um reforço para o Campeonato Brasileiro.

"Acreditamos muito no trabalho dele e houve um entrosamento desde o início. O contrato está renovado até o final da nossa gestão [dezembro de 2017]. Houve uma adequação desse salário, uma renovação. Fizemos um planejamento que permitiu esse trabalho. Não estamos expostos", disse o presidente em relação ao assédio dos outros clubes.

O Cruzeiro considerava encaminhada a contratação do técnico e teve seus planos frustrados. Agora, o clube mineiro terá de rever os planos após as negativas de Jorginho (campeão carioca pelo Vasco) e de Ricardo Gomes (vice-campeão pelo Botafogo).


Ricardo Gomes  (Crédito: SSPress)
Ricardo Gomes (Crédito: SSPress)


Fonte: Com informações do Uol