Brasil faz cinco e atropela a Costa Rica na estreia no Mundial

A Costa Rica também foi pra cima do Brasil e ameaçava principalmente com o lateral-esquerdo Oviedo

Na estreia do Brasil no Mundial Sub-20, em Port Said, no Egito, uma dupla colorada tratou de escrever em números vermelhos a vitória por 5 a 0 sobre a Costa Rica. Alan Kardec, ex-atacante do Vasco, emprestado ao Internacional, marcou duas vezes - ambas em cruzamentos do meia Giuliano, também do Inter, que ainda fez um golaço por cobertura. Alex Teixeira, do Vasco, e Boquita, do Corinthians, fecharam a goleada.

Confira a classificação atualizada e a tabela de jogos do Mundial Sub-20

Com o resultado, a seleção largou na ponta do grupo E, com três pontos. Na próxima rodada, quarta-feira, o desafio é a Repúlica Tcheca, às 13h45m (horário de Brasília).

Agência/Reuters

Jogadores abraçam Alan Kardec na comemoração de mais um gol do atacante do Internacional

Brasil faz 3 a 0 em primeiro tempo colorado. E aberto

O Brasil começou explorando a velocidade de seus meias. Com toques rápidos, Alex Teixeira, Paulo Henrique Ganso e Giuliano tramavam as principais jogadas de ataque. Aos seis minutos, Ganso, do Santos, ajeitou mas Giuliano bateu fraco, no meio do gol. Aos 11, Alex enfiou a bola na direita, Ganso, de calcanhar, achou Giuliano e o camisa 10 soltou uma bomba na trave direita do goleiro.

A Costa Rica também foi pra cima do Brasil e ameaçava principalmente com o lateral-esquerdo Oviedo, que levava vantagem nos duelos contra o lateral-direito brasileiro Douglas. Aos 10 minutos, ele quase abriu o placar ao driblar Douglas e bater cruzado. A bola passou raspando o travessão do gol de Rafael.

Apesar das dificuldades na defesa, no ataque Douglas foi bem. Aos 23, saiu de seu pé direito um ótimo cruzamento que encontrou a cabeça de Alan Kardec. O centroavante, que andava sumido do jogo, subiu bonito e cabeceou com estilo, para grande defesa do goleiro Alvarado. Na cobrança do escanteio, foi Giuliano que botou de novo na cabeça de Alan Kardec. Ele repetiu o movimento, dessa vez com mais precisão, e mandou no canto direito alto de Alvarado. Brasil 1 a 0.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com