Brasileiro 2012: Atlético-MG empata com o Fluminense e perde chance de disparar

Brasileiro 2012: Atlético-MG empata com o Fluminense e perde chance de disparar

Com o resultado, o Atlético-MG se manteve na liderança agora com 32 pontos, dois a mais do que o Vasco,

O Atlético-MG perdeu a chance de disparar na liderança e de quebra viu a marca de sete vitórias consecutivas ser interrompida após empatar em 0 a 0 com o Fluminense neste domingo no Engenhão, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com as duas equipes marcando forte no meio-campo, o jogo foi truncado e prevaleceu a boa atuação dos goleiros, que garantiram o zero no placar.

Com o resultado, o Atlético-MG se manteve na liderança agora com 32 pontos, dois a mais do que o Vasco, que já havia empatado com o Inter no sábado. Já o Fluminense permanecesse na terceira posição, com 26 pontos, mas, com o empate, perdeu a chance de se aproximar dos dois primeiros colocados do Brasileiro.

Com as duas equipes brigando na parte de cima da tabela, a partida começou muito equilibrada. O meia Bernard, destaque alvinegro no campeonato, bem marcado, não conseguia criar. Deco, principal articulador tricolor, também não conseguia armar jogadas. Quem conseguiu se sobressair no primeiro tempo foi o goleiro Victor, que fez grande defesa na cabeçada de Wellington Nem e garantiu o zero no primeiro tempo.

Em segundo tempo bastante movimentado, Fred parou mais uma vez no goleiro alvinegro. Já Danilinho perdeu, de dentro da pequena área, a chance de dar a vitória ao Atlético-MG. Aos 42min da segunda etapa o lance mais polêmico. Fred recebeu em profundidade, driblou o goleiro, mas o bandeirinha marcou impedimento para a revolta dos tricolores. O jogo acabou sem gols e pouco modificou a parte de cima da tabela de classificação do Brasileiro.

Na próxima rodada o líder Atlético-MG joga mais uma vez no Rio de Janeiro contra um combalido Flamengo, às 18h30 (de Brasília), sábado, no Engenhão. Já o Fluminense continua a perseguição aos líderes em um difícil duelo contra o Coritiba, no Couto Pereira, no domingo às 16h.

O jogo

A partida no Engenhão começou com as duas equipes marcando forte no meio-campo e dificultando as ações ofensivas. Bernard, principal articulador do Atlético-MG e Deco, armador do Fluminense, estavam bem marcados e pouco conseguiram criar no início. O time da casa foi quem chegou primeiro. Em rápido ataque pela esquerda, Fred recebeu, entrou na área e da marca do pênalti mandou à esquerda do goleiro Victor.

A boa jogada do time tricolor acordou os visitantes. Aos 14min, o Atlético-MG reclamou com o árbitro Rodrigo Braguetto um pênalti. Após cruzamento, Gum dominou com o braço dentro da área e revoltou os atleticanos. Consistente na defesa e aproveitando os espaços deixados pela zaga tricolor, a equipe alvinegra chegava com mais perigo ao gol adversário. Aos 31min, Ronaldinho cobrou falta da ponta esquerda, Danilinho escorou de cabeça para o meio da área e Jô, dentro da pequena área, testou para boa defesa de Diego Cavalieri.

No lance seguinte, Ronaldinho criou mais uma boa chance. O jogador fez boa jogada pela esquerda e chutou cruzado, mas Digão se antecipou ao ataque mineiro e fez o corte. Melhor na partida, o Atlético-MG tomou um susto no último minuto. O Fluminense aproveitou contra-ataque rápido pela esquerda, Wellington Nem recebeu cruzamento e cabeceou firme para grande defesa do goleiro Victor.

Depois de ver um leve predomínio do time visitante, o Fluminense entrou mais disposto no segundo tempo. Com Thiago Neves procurando mais as jogadas, a equipe tricolor tinha mais a posse de bola. No entanto, quem teve o primeiro lance de perigo foi o Atlético-MG. Aos 12min, Ronaldinho cobrou falta da intermediária e quase surpreende o goleiro alvinegro.

No minuto seguinte Fred recebeu livre na entrada da área, finalizou no canto e Victor fez outra grande defesa. O Atlético-MG respondeu rápido. Marcos Rocha puxou contra-ataque, cruzou da esquerda e Danilinho, sozinho na pequena área, chutou por cima do gol de Diego Cavalieri.

Fonte: Terra