Brasileirão: Fluminense derrota o Coritiba fora de casa e se recupera

Com o resultado o Fluminense diminui a diferença para os líderes do campeonato.

O Fluminense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro após duas rodadas. A equipe enfrentou o Coritiba na tarde deste domingo no estádio Couto Pereira e venceu por 2 a 0, em jogo válido pela 14ª rodada. A equipe da casa fez duelo equilibrado até a expulsão do lateral Ayrton, aos 36min do segundo tempo. Com a vantagem numérica os visitantes aproveitaram e marcaram dois gols: um de Pereira contra e outro de Fred.

Com o resultado o Fluminense diminui a diferença para os líderes do campeonato. Com 29 pontos, a equipe tricolor segue em terceiro, apenas três pontos do líder Atlético-MG e dois do vice-líder Vasco, que empatou com o Corinthians em São Januário. Já o Coritiba permanece ameaçado pela zona de rebaixamento na 13ª posição, com 15 pontos, há apenas três da zona do descenso.

O jogo no Couto Pereira começou bastante truncado. Com as duas equipes bem na marcação, as chances de perigo foram raras no primeiro tempo. Wellington Nem chegou a marcar, mas o juiz assinalou mão do atacante na jogada. Everton Costa, na última oportunidade da primeira etapa quase marca, mas Diego Cavalieri foi bem e evitou o gol do Coritiba.

Na segunda etapa o jogo continuou muito disputado no meio-campo, mas as equipes voltaram mostrando mais velocidade. Com oportunidades para ambos os lados, a expulsão do lateral Ayrton, do Coritiba, definiu o jogo. Com a vantagem numérica, o Fluminense foi para cima e conseguiu marcar com Pereira contras, aos 38min e Fred, aos 39min.

Na sequência do Campeonato Brasileiro o Fluminense continua sua caça aos líderes em duelo contra o São Paulo, na quinta-feira, às 21h (de Brasília), em São Januário, já que o Engenhão continua fora de uso devido às péssimas condições do gramado. Já o Coritiba viaja até Belo Horizonte para enfrentar o líder Atlético-MG, também na quinta-feira às 21h (de Brasília), na Arena Independência.

O jogo

Jogando em casa, o Coritiba entrou em campo disposto a dar sequência à recuperação no Campeonato Brasileiro. Depois de ser vice-campeão da Copa do Brasil, o time paranaense vinha de duas vitórias consecutivas e tentava se distanciar da zona de rebaixamento. Já o Fluminense queria diminuir a diferença para os líderes do torneio. As equipes começaram o jogo com bastante toque de bola no meio-campo no Couto Pereira.

Com as duas defesas bem postadas, os lances de perigo foram raros no início do jogo. Explorando as laterais do campo, o time da casa insistia nas jogadas aéreas, facilmente cortadas pelos zagueiros Gum e Leandro Euzébio. Já os visitantes esbarravam na boa marcação exercida pela defesa coxa-branca, sobretudo nos armadores Deco e Thiago Neves.

O primeiro lance de perigo da partida aconteceu apenas aos 28min. Wellington Nem recebeu lançamento na área e mandou a bola no fundo das redes do goleiro Vanderlei. Mas a arbitragem anulou o lance marcando toque de mão do atacante tricolor. O Coritiba tentava chegar alçando bolas na área e, no último lance da primeira etapa, quase abriu o placar. Ayrton lançou na área, Everton Costa tocou de cabeça e Diego Cavalieri fez grande defesa, na sobra Fred tentou cortar e quase fez contra.

Após um primeiro tempo sem grandes emoções, as equipes voltaram dispostas a tirar o zero do placar. Logo aos 5min, Everton Costa ganhou disputa com Wallace na área do Flu, rolou para trás e Lincoln chutou forte no canto esquerdo para grande defesa de Diego Cavalieri. Apesar de mais correria, o jogo seguiu com poucos lances de perigo.

Aos 26min, Gil chutou de fora da área, a defesa do Fluminense cortou, a bola sobrou para Everton Costa que finalizou rente à trave do adversário. Apesar do domínio da posse de bola dos visitantes, o Coritiba era perigoso nos contra-ataques.

A partida mudou aos 36min, quando o lateral direito Ayrton foi expulso após levar o segundo carão amarelo. Logo no minuto seguinte, o Fluminense abriu o placar. Fred recebeu na área e cabeceou para boa defesa de Vanderlei, a zaga tentou afastar e a bola sobrou para Marcos Júnior, que chutou cruzado, o zagueiro Pereira tentou cortar e desviou para a própria meta.

Com um jogador a menos e atrás do placar, o Coritiba acusou o golpe. Dois minutos depois Wagner recebeu lançamento na área, inverteu a jogada para Fred que, sozinho, empurrou a bola para ampliar o placar, 2 a 0. Sem forças, o time da casa ainda viu Thiago Neves fazer mais um gol aos 45min, mas a arbitragem marcou impedimento.

Fonte: Terra