Hoje: Brasileirão terá reencontros marcantes

Rio será palco de Muricy x Palmeiras e Deco x Felipão; "Carrasco" Montillo revê Flamengo

Uma quarta-feira (1º) de reencontros. Pelo menos é isso o que ocorrerá nos dois principais jogos desta noite no Brasileirão, marcados para as 22h. Tanto Fluminense x Palmeiras, no Rio de Janeiro, quanto Cruzeiro x Flamengo, em Uberlândia (MG), colocarão frente à frente antigos companheiros e rivais.

Sem dúvida, o que mais chama atenção é o duelo do Maracanã. Pela primeira vez o técnico tricolor, Muricy Ramalho, enfrentará o antigo time, o qual foi demitido no começo da temporada e deixou o Parque Antarctica sem conquistar título. Algo raro em sua carreira.

Contudo, nas Laranjeiras o treinador tem dado a volta por cima. Se não bastasse a liderança isolada do Nacional, foi convidado e recusou dirigir a seleção brasileira. Ganhou status de ídolo da torcida pó-de-arroz, mas é ?secado? por parte da torcida palmeirense, que não esquece que em 2009 a equipe abriu 11 pontos na ponta para o campeão Flamengo e terminou em quinto lugar. Alheio a isso, o técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, citou o Fluminense como favorito ao título.

- Entre Fluminense e Corinthians deve sair o campeão, são os times com os melhores grupos, estão fazendo campanhas fantásticas.

O treinador, por sinal, reencontrará um antigo aliado e agora ?inimigo?: o meia Deco, que foi comandado por Felipão na seleção portuguesa e no Chelsea (ING). O jogador agora defende o Fluminense.

- Na nossa vida muitas pessoas são importantes e o Felipão é uma delas. Não dá para dizer como seria, não sei se meu caminho seria o mesmo ou não. Muitas pessoas boas passaram pelo meu caminho e me ajudaram muito. Já havia decidido jogar na seleção e ele só me deu mais estímulo.

Já no Parque do Sabiá, em Uberlândia, o torcedor do Flamengo verá com a camisa celeste seu mais recente carrasco: o argentino Montillo, ex-Universidad do Chile e principal responsável pela eliminação rubro-negra nas quartas-de-final da Libertadores.

Em compensação, no banco cruzeirense estará o técnico Cuca, que traz boas lembranças aos flamenguistas. Não só por ter sido o comandante do título estadual do Flamengo em 2009.

Mas, desde que saiu do clube no meio do ano passado, após uma série desavenças com líderes do elenco, o treinador virou freguês do Rubro-Negro. Dirigiu o Fluminense em dois Fla-Flus e perdeu ambos, o último de forma traumática, de virada, por 5 a 3 no Carioca.

Duelos nas duas pontas da tabela

Sem reencontros marcantes, outras cinco partidas movimentam a quarta-feira de Brasileirão. Destaque também para o tenso duelo entre Goiás, lanterna com apenas 13 pontos, diante do Atlético-MG, 18º com 14 pontos. O confronto acontece no Serra Dourada, às 21h.

Mais cedo, outro time ameaçado pelo rebaixamento entra em campo. Às 19h30, o Grêmio, dirigido por Renato Gaúcho e em 17º, convocou seu torcedor para lotar o Olimpico no confronto contra o Guarani, que está em 11º, com 23 pontos ? seis a mais que o Tricolor gaúcho.

No mesmo horário, Internacional e Botafogo, ambos com 27 pontos e na luta pela terceira posição, também entram em campo, fora de seus domínios. Em Salvador, o Colorado encara o irregular Vitória, 14º com 21 pontos. Já o Alvinegro duela em Presidente Prudente contra o Grêmio Prudente, 16º com 16 pontos.

Para encerrar a rodada, na Arena da Baixada o Atlético-PR, 12º com 21 pontos, depois de empatar com o Grêmio na última rodada, também em casa, tenta fazer vale o fator campo diante do Ceará, sétimo colocado com 25 pontos.

Fonte: R7, www.r7.com