Cafu fala da pressão por Ronaldinho na Copa e planeja despedida pela seleção

Lateral-direito do tetra e do penta esteve nesta terça-feira em evento de divulgação da Copa do Mundo de 2010, no Museu do Futebol

Se o evento tem relação com a Copa do Mundo de 2010 ou com a seleção brasileira, um assunto parece ser obrigatório: Ronaldinho Gaúcho. O meia do Milan está longe de ser opção na lista do técnico Dunga para o Mundial, mas a pressão por parte da opinião pública aumenta a cada dia. Algo que para o pentacampeão Cafu é normal.

- A cobrança é normal. Eu fui a quatro Copas do Mundo (1994, 1998, 2002 e 2006) e sempre houve algo nesse sentido, de alguém querer um jogador que não está. É do DNA do brasileiro. Mas o Dunga já sabe com quem vai contar ? falou o ex-lateral da seleção, durante evento da Copa de 2010, no Museu do Futebol, em São Paulo.

Longe do futebol, Cafu por enquanto tem cuidado das ações sociais de sua fundação. Mas ainda falta alguma coisa na carreira do lateral: uma despedida. Como ainda não encerrou oficialmente sua trajetória no futebol, ele espera homenagem da seleção brasileira.

- Já planejo o fim da carreira há muito tempo. Só falta oficializar. Eu queria uma homenagem da seleção brasileira, uma grande despedida. Mas vamos ver o que acontece ? declarou Cafu, bicampeão da Copa do Mundo, em 1994 e 2002.

Além dessas conquistas, Cafu é o jogador que mais vezes vestiu a camisa da seleção brasileira na história: foram 148 partidas.

Fonte: Globo.com