Campeão do UFC cobra "sangue" de R10 e quer Adriano no Fla

Campeão do UFC cobra "sangue" de R10 e quer Adriano no Fla

José Aldo participou do anúncio da parceria entre o UFC e o Instituto Reação

Flamenguista fanático, o campeão mundial da categoria peso pena do UFC (Ultimate Fighting Championship), José Aldo Júnior, cobrou maior disposição de Ronaldinho dentro de campo pela equipe rubro-negra. Para ele, se o camisa 10 der "um pouco mais de sangue", a torcida voltará a apoiá-lo.

"Vão pegar um pouco mais no pé dele por ele ser o maior salário do Brasil e só bater pênalti. É difícil, né? Se ele se mostrar um pouco mais disposto dentro de campo, ajudar na marcação, correr, com certeza o fã vai apoiá-lo, como apoia o Deivid, que erra gol e continua correndo pelo time", avaliou o lutador, após participar do anúncio da parceria do UFC com o Instituto Reação, que desenvolve atividades esportivas em comunidades carentes.

Aldo admitiu que, às vezes, vaia o camisa 10 da Gávea, mas defendeu a permanência de Ronaldinho no time rubro negro. O ideal, segundo o campeão, é que o meia e os jogadores mais experientes possam orientar os mais jovens oriundos das divisões de base, que estão sendo aproveitados no time principal do Flamengo.

"Não vaio na hora do jogo, mas quando acaba vaio o Ronaldinho, sim. Às vezes dá raiva, ele fica ali e não acerta nada. Mas isso é de jogador, assim como nós lutadores temos o dia em que não damos nada e somos vaiados", observou.

Adriano de volta

O possível retorno do atacante Adriano à Gávea é apoiado por Aldo. Ele lembrou que o jogador, que deixou o Corinthians nesta segunda-feira, foi um dos principais responsáveis pela conquista do Campeonato Brasileiro de 2009. Animado, o lutador disse que Ronaldinho, Vagner Love e Adriano poderiam formar uma "trinca de ferro" dentro de campo.

"Sou a favor, lógico. É o Imperador, trouxe o título de 2009. É uma justa oportunidade, é o clube que ele ama, toda a torcida gosta dele", completou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br