Campeão olímpico pego no doping por remédio para aumentar pênis

Campeão olímpico pego no doping por remédio para aumentar pênis

O norte-americano LaShawn Merritt foi campeão nos 400m rasos em Pequim, em 2008

O norte-americano LaShawn Merritt, campeão olímpico dos 400 m rasos nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, foi eliminado ainda na disputa das eliminatórias da distância em Londres.

Depois do título na China, o corredor foi flagrado no antidoping entre outubro de 2009 e janeiro de 2010. O exame deu positivo para a substância DHEA (deidroepiandrosterona) e o norte-americano alegou que o esteróide anabolizante fazia parte da fórmula de um medicamento para aumentar o pênis. O corredor foi suspenso por 21 meses.

Na competição deste sábado, Merritt era considerado o favorito dos 400 m. O norte-americano chegou em Londres com a melhor da temporada com 44s12, mas uma lesão muscular sofrida há duas semanas em Monte Carlo, acabaram com as suas chances do bicampeonato olímpico.

?Essa era a prova da minha vida. Eu estava atrás disso há um longo tempo, mas eu ainda sou jovem. Eu estava fazendo tratamento desde que eu cheguei aqui. Quando você quer muito alguma coisa, você faz o que é preciso, mas eu não queria que a lesão acabasse com a minha carreira", lamentou

"Eu tinha chance aqui, mas eu senti a lesão novamente no aquecimento, com se estivesse me contorcendo. Eu tentei passar, mas é daquelas coisas que o melhor homem ganha. Agora eu preciso descansar. Eu quero estar pronto para o próximo Mundial e certamente para o próximo Jogos Olímpicos", explicou.

Fonte: UOL