Campeonato Brasileiro: No Morumbi, Inter vence o São Paulo por 3 a 1 e fica colado no G-4

Campeonato Brasileiro: No Morumbi, Inter vence o São Paulo por 3 a 1 e fica colado no G-4

O resultado deixa o São Paulo na 12ª colocação, com 28 pontos

São Paulo e Internacional se reencontraram no Morumbi nesta quinta-feira, relembrando o confronto das semifinais da Copa Libertadores. Mais uma vez quem saiu feliz foi o torcedor gaúcho, que viu sua equipe vencer fora de casa por 3 a 1 e esfriou a tentativa de revanche paulista.

O Inter contou com grande atuação de D"Alessandro e Giuliano, dupla que liderou o campeão da Libertadores na semi com o São Paulo. Wilson Mathias, Leandro Damião e Giuliano marcaram para o time colorado, enquanto o time do Morumbi descontou com Cleber Santana.

O resultado deixa o São Paulo na 12ª colocação, com 28 pontos, enquanto a equipe gaúcha fica mais próxima dos líderes do torneio. É a segunda derrota consecutiva dos paulistas, que vinham antes de três vitórias seguidas. O time colorado está em quinto, com 35 pontos, seis a menos que Fluminense e Corinthians.

Sem os lesionados Rafael Sobis e Alecsandro, o Inter atuou com apenas um centroavante, Leandro Damião, que era auxiliado no setor pelas aproximações de D"Alessandro e Giuliano. Wilson Mathias e Glaydson se postaram na cabeça de área, dando liberdade a Tinga.

Já o São Paulo foi escalado com Cleber Santana no meio de campo no lugar de Casemiro ao lado de Rodrigo Souto. Na defesa, Richarlyson mais uma vez atuou como lateral esquerdo. A criação ficou por conta de Jorge Wagner e Lucas, que a assumiu seu nome de batismo após ter conquistado a posição de titular quando usava o apelido "Marcelinho".

O jogo

O meia participou de seu primeiro lance de perigo como Lucas aos 2min, quando arrancou pela intermediária e chutou forte por cima do travessão de Renan. O Inter aproveitou os minutos iniciais para pressionar o São Paulo na saída de bola, dificultando a ligação com o meio de campo.

A equipe gaúcha manteve sua pressão e abriu o placar aos 9min. D"Alessandro cobrou falta na área são-paulina e Índio cabeceou para trás. A bola sobrou para Wilson Mathias que, atrás da marca do pênalti, finalizou forte para vencer Rogério Ceni. No minuto seguinte, Fernandão chutou desequilibrado após jogada individual de Dagoberto e ameaçou o gol de Renan.

O Inter atuava como se estivesse no Beira-Rio, trocando passes rápidos no campo de ataque. Aos 17min, D"Alessandro driblou a marcação são-paulina e chutou para a defesa segura de Rogério Ceni. Quem marcou, porém, foi o São Paulo. Jorge Wagner cobrou falta dentro da área e Cleber Santana completou de cabeça aproveitando falha do Internacional na tentativa de linha de impedimento..

A partida ganhou novo equilíbrio após o empate, com o jogo se concentrando no meio de campo. Aos 27min, Fernandão completou de cabeça após cobrança de escanteio de Jean e viu a bola sair rente à trave esquerda de Renan. Dagoberto teve boa oportunidade seis minutos depois quando recebeu bola na área, mas demorou para finalizar e foi desarmado.

Aos 37min, Giuliano lançou Leandro Damião e o centroavante tocou na saída de Rogério Ceni e pôs o Inter mais uma vez em vantagem. Um minuto depois, Fernandão cabeceou e obrigou Renan a fazer boa defesa.

Segundo tempo

O São Paulo voltou no segundo tempo sem Dagoberto, que pouco fez na etapa inicial, e Marlos atuando em seu lugar. O camisa 16 apareceu bem aos 4min, com chute de fora da área e que passou por cima do travessão. Assim como antes do intervalo, o jogo mostrou equilíbrio, com as duas equipes criando chances ofensivas. O meia-atacante apostava em lançamentos para Fernandão, mas via os lances serem impedidos pela marcação gaúcha.

Aos 16min, Tinga apareceu pela direita e rolou na área. Após confusão, a bola sobrou para Giuliano, que chutou para o fundo das redes no contrapé de Rogério. O São Paulo tentou iniciar uma pressão, mas abusava dos erros de passe. Aos 19min, Lucas chutou de longe, sem levar perigo ao gol de Renan. Quatro minutos depois, o meia invadiu a área do Inter e caiu em dividida com o Bolívar. O juiz não viu pênalti e deu cartão ao camisa 37 por simulação.

Com o resultado mais tranquilo, o técnico Celso Roth apostou na entrada de Edu no lugar de Giuliano, enquanto Baresi pôs Ilsinho na vaga de Jean. O ala direito sofreu falta aos 30min, e Ceni cobrou a infração para defesa segura de Renan. O goleiro são-paulino precisou trabalhar seis minutos depois, em chute cruzado de Leandro Damião.

O São Paulo não conseguia mais armar jogadas, errando passes no meio de campo e dando espaço para os contra-ataques do Inter. A única arma foi a bola alçada na área, que foi facilmente afastada pela defesa colorada. Nos minutos finais, a torcida da casa vaiou seu time, irritada com o novo resultado negativo.

FICHA TÉCNICA

São Paulo 1 x 3 Internacional

Gols

São Paulo: Cleber Santana, aos 19min do 1º tempo

Internacional: Wilson Mathias, aos 9min, Leandro Damião, aos 37min do 1º tempo, e Giuliano, aos 16min do 2º tempo

Ponto Forte do São Paulo

Com boa movimentação, Lucas foi um dos poucos a ameaçar a marcação do Inter.

Ponto Forte do Internacional

Envolveu o São Paulo com facilidade ao trocar passes velozes no campo de ataque .

Pontos Fracos do São Paulo

Defesa abusou da desatenção e facilitou o trabalho do Inter.

Dagoberto produziu pouquíssimo no primeiro tempo, quando esteve em campo

Ponto Fraco do Internacional

Equipe arriscou linha de impedimento em cobrança de falta de Jorge Wagner, mas falhou na estratégia e deu condição para Cleber Santana marcar para o São Paulo.

Personagem do jogo

Giuliano: com gol e assistência, venceu novamente a defesa do São Paulo.

Lance polêmico

Aos 24min do segundo tempo, Lucas caiu na área em disputa de bola com Bolívar. O time do São Paulo pediu pênalti, mas o juiz não viu infração e ainda advertiu o meia da equipe da casa por simulação.

Esquema Tático do São Paulo

4-4-2

Rogério Ceni; Jean (Ilsinho), Xandão, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Cleber Santana, Jorge Wagner (Carlinhos Paraíba) e Lucas; Dagoberto (Marlos) e Fernandão. Técnico: Sérgio Baresi

Esquema Tático do Internacional

4-5-1

Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Mathias, Glaydson, Tinga, D""Alessandro (Andrezinho) e Giuliano (Edu); Leandro Damião. Técnico: Celso Roth

Cartões amarelos

São Paulo: Miranda, Jorge Wagner, Xandão, Lucas e Cleber Santana

Internacional: Nei, Bolívar, Glaydson, D"Alessandro e Giuliano

Árbitro

Felipe Gomes da Silva ( RJ)

Local

Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br