Campeonato Brasileiro: São Paulo vence o Flamengo por 2 a 0  no Morumbi e pula para oitava posição

Campeonato Brasileiro: São Paulo vence o Flamengo por 2 a 0 no Morumbi e pula para oitava posição

O Flamengo, por sua vez, se vê perigosamente próximo à zona do rebaixamento

Na noite em que Rogério Ceni comemorou seus vinte anos no São Paulo, a equipe paulista assegurou a comemoração com uma vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo. O triunfo, obtido nesta quarta-feira no Morumbi, mantém a ascensão do time tricolor no Campeonato Brasileiro, que já está na oitava colocação da tabela, com 28 pontos, e conseguiu sua terceira vitória consecutiva.

O Flamengo, por sua vez, se vê perigosamente próximo à zona do rebaixamento. A equipe carioca está em 16º, com 22 pontos, e chegou a seis jogos sem vitórias. Além disso, Silas segue sem vencer desde que assumiu o comando rubro-negro.

Os jogadores do time paulista entraram em campo com uma camisa com o número 1 e os dizeres "mito". Outro homenageado foi o meia Jorge Wagner, que completou 200 jogos pelo São Paulo. A partida serviu também para que o ala direito Ilsinho fizesse sua reestreia pela equipe paulista.

Novamente o técnico Sérgio Baresi lidou com desfalques para escalar o time. O treinador armou a equipe com Rodrigo Souto, Cléber Santana, Jorge Wagner e Marcelinho no meio de campo, além de Richarlyson na lateral esquerda no lugar do barrado Junior César. Na frente, Marlos substituiu o suspenso Dagoberto ao lado de Fernandão.

Já o Flamengo contou novamente com a dupla de ataque formada por Diogo e Deivid, que novamente passaram em branco. O ex-jogador da Portuguesa ainda foi expulso no primeiro tempo, facilitando o trabalho do São Paulo. No meio de campo, Renato Abreu e Correa ficaram com a responsabilidade da criação, enquanto Petkovic foi para o banco.

Garantindo os festejos

O São Paulo começou o jogo sendo pressionado em sua saída de bola, e apostando na veloz troca de passes entre Marlos e Marcelinho. E o entrosamento entre a dupla rendeu em gol aos 8min. Marcelinho recebeu de Fernandão e lançou Marlos na área, que driblou Marcelo Lomba e finalizou antes que a marcação carioca se recuperasse.

O Flamengo não abaixou a cabeça após o gol, e buscou pressionar o São Paulo em seu campo de defesa. Aos 14min, Williams aproveitou rebote de cobrança de falta e finalizou perto do travessão são-paulino. Incomodado com a atuação de sua equipe, Silas sacou Correa com apenas 21min, lançando Vinícius Pacheco.

O time da casa voltou a incomodar aos 24min, quando Marcelinho tabelou com Fernandão e invadiu a área em velocidade, mas Ronaldo Angelim chegou com precisão no desarme. Três minutos depois, Jorge Wagner cobrou escanteio na cabeça de Fernandão, que completou no travessão.

O São Paulo teve boa chance aos 35min, em cobrança de falta de Jorge Wagner, mas o camisa sete bateu fraco, facilitando o trabalho da defesa flamenguista. A situação dos visitantes se complicou aos 40min, quando Diogo, que havia recebido cartão amarelo por falta em Richarlyson no minuto anterior, tentou cavar pênalti e foi expulso.

Em seguida, Jorge Wagner fez excelente lançamento na área carioca e Fernandão completou de cabeça para ampliar o placar no Morumbi. O Fla teve boa chance de descontar aos 46min, com Deivid, mas Rogério Ceni defendeu.

Segurando o Fla

Após o intervalo, Sérgio Baresi sacou o meio-campista Cleber Santana, que tinha cartão amarelo, substituindo-o pelo zagueiro Renato Silva. A entrada do defensor deu mais liberdade a Richarlyson, que passou a apoiar com mais tranquilidade pela esquerda. Silva passou a jogar pela direita, enquanto Jean foi para o meio de campo.

Apesar da inferioridade numérica, o Flamengo voltou melhor no segundo tempo, e, aos 9min, Juan invadiu a área e caiu quando Jean chegou na marcação. O juiz não viu penalti, e o São Paulo ficou perto de ampliar na sequência. Marlos cruzou na área e Fernandão finalizou fraco, facilitando a defesa de Lomba.

Dois minutos depois, Marlos bateu de fora da área e levou perigo ao gol de Lomba. O camisa 16 apareceu bem novamente aos 12min, quando invadiu a área e foi desarmado na hora do chute. No próximo minuto, Léo Moura cobrou falta no travessão de Rogério Ceni, e viu Xandão evitar o gol do Fla após rebote de Deivid.

Léo Moura ameaçou em nova cobrança de falta aos 24min, que exigiu soco de Ceni para afastar o perigo. A bola parada foi a arma escolhida pelo Fla para buscar o gol. Aos 28min, foi a vez de Renato Abreu fazer Rogério trabalhar. Um minuto depois, o São Paulo respondeu com Marcelinho, que driblou a zaga carioca e só não fez um golaço porque Lomba defendeu bem.

O Flamengo buscou apertar nos minutos finais, mas parou na marcação são-paulina. Com o resultado tranquilo, Baresi lançou Ilsinho, que buscou algumas jogadas, mas saiu de campo com um cartão amarelo por reclamação. Aos 44min, Rogério Ceni encerrou as emoções do jogo com uma defesa espetacular após cabeçada de Jean, para dar ponto final na festa no Morumbi.









Fonte: Terra, www.terra.com.br