Vasco não sai do 0 a 0 contra Figueirense pelo Campeonato

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o Internacional

Na segunda partida em manhãs de domingo neste Campeonato Brasileiro, Figueirense e Vasco ficaram no empate por 0 a 0, neste domingo, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Com o resultado, as duas equipes seguem sem vencer na Série A. Os cruzmaltinos chegaram a segundo igualdade, enquanto os catarinenses marcaram seu primeiro ponto na competição.

Após um primeiro tempo muito movimentado, com boas chances de gol para as duas equipes, o confronto não manteve o ritmo na etapa final. O Figueirense ainda foi melhor, mas não conseguiu converter nenhuma das oportunidades. O Vasco foi superior no primeiro tempo, mas parou nas boas defesas do goleiro Alex.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o Internacional, em São Januário, no próximo sábado. No mesmo dia, o Figueirense vai até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio.

Image title

A partida começou movimentada, com as duas equipes em busca do ataque. Tanto que a primeira boa chance de gol aconteceu com um minuto. Em contra-ataque rápido, Madson cruzou para a área e Rafael Silva apareceu para cabecear. No entanto, o atacante finalizou reto em cima de Alex, que fez grande defesa. A resposta do Figueirense veio aos quatro. Em outro avanço rápido, Clayton cruzou rasteiro e Everaldo finalizou de letra para boa defesa de Martín Silva.

O lance animou os donos da casa, que voltaram a assustar aos sete minutos. Clayton recebeu passe na área, deu um lençol em Rodrigo e tentou de meia bicicleta a finalização. O goleiro Martín Silva quase de enrolou, mas conseguiu colocar a bola para escanteio.

Depois do início corrido, as duas equipes melhoraram a marcação. O Figueirense tinha mais posse de bola, mas não levava perigo ao gol de Martín Silva. Já o Vasco tentava explorar os contra-ataques, mas pecava no excesso de passes errados no meio.

Somente aos 29 minutos, o Vasco criou boa chance de abrir o placar no Orlando Scarpelli. Christiano foi lançado pela esquerda e cruzou rasteiro para Rafael Silva na área. O atacante dominou e chutou para o gol. Só que a zaga apareceu para salvar a desviar a bola para escanteio. O lance animou os cruzmaltinos, que aproveitaram contra-ataque para quase marcar aos 35 minutos. Christiano avançou pela esquerda e cruzou para Gilberto. O atacante finalizou de primeira, mas Alex fez grande defesa e salvou o Figueirense.

Nos minutos finais, os cariocas seguiram melhores em campo. Tanto que aos 39 minutos, Dagoberto fez boa jogada individual e arriscou de fora da área. O goleiro Alex resvalou na bola, que ainda raspou no travessão. Depois, foi a vez de Rafael Silva receber passe na área, mas chutar fraco para boa defesa do goleiro do Figueirense. Já nos acréscimos, os donos da casa tiveram uma oportunidade com Everaldo, mas o atacante chutou em cima de Martín Silva. Assim, o duelo foi para o intervalo sem gols.

Ao contrário da etapa inicial, os times voltaram para o segundo tempo mais cautelosos. O Vasco, mais organizado, criou a primeira boa chance aos nove minutos. Christiano fez boa jogada individual e arriscou de fora da área. A bola passou perto do gol de Alex, que ainda se esticou na tentativa de fazer a defesa. O lance acordou o Figueirense, que respondeu no minuto seguinte. Marquinhos Pedroso pegou rebote na entrada da área e chutou colocado para boa defesa de Martín Silva.

O Figueirense melhorou com as substituições feitas pelo técnico Argel Fucks e passou a chegar com mais intensidade ao ataque. Na melhor chance, aos 20 minutos, Mazola cruzou, mas Thiago Heleno cabeceou errado. Quatro minutos depois, foi a vez de Rodrigo falhar e Mazola Clayton cruzar rasteiro.

Na parte final da partida, o confronto ficou concentrado entre as intermediárias. Os jogadores das duas equipes acusaram o cansaço de atuarem no meio de semana e passaram a errar muitos passes. O Figueirense ainda esboçou uma pressão no fim, mas parou na defesa vascaína. Assim, o duelo terminou sem gols em Florianópolis.

Fonte: Terra