Casou e levou! Jogador adia sua lua de mel por jogo, mas acaba eliminado

Um dia depois do casamento, o time de Fernando tinha partida decisiva pela Copa Kaiser.

Existem coisas que só o esporte pode fazer com uma pessoa. A história de hoje é uma dessas. O personagem é Fernando Lura, meio-campista da Turma do Baffô, do Jardim Clímax, na Copa Kaiser.


Casou, mas não levou: jogador adia lua de mel por jogo decisivo e acaba eliminado

Ele namorava Cíntia há mais de dez anos. A proposta de casamento também é antiga. E a data tinha sido marcada com antecedência. O dia escolhido foi 24 de agosto de 2013, um sábado. Até aí, nada de especial. O problema é que a lua de mel foi adiada. Pelo futebol.

Um dia depois do casamento, o time de Fernando tinha partida decisiva pela Copa Kaiser. A Turma do Baffô, atual vice-campeã do torneio, tinha de vencer o Pioneer, da Vila Guacuri, para seguir na competição. Toda ajuda, ainda mais de um atleta com experiência no futebol profissional ? ele passou cinco anos no Guarani, de Campinas, por exemplo.

?Eu sabia que estaria em fase decisiva no fim de semana do casamento. Então, fui adiando para fechar a lua de mel. Quando soube que o jogo seria importante, marquei a viagem para segunda-feira. Vamos passar cinco dias na Argentina. Mas não podia faltar?, conta o jogador. Ele também não aproveitou a festa como todos imaginam que um noivo deva.

Não bebeu (muito) e foi para a cama cedo. Tudo para estar bem preparado para entrar em campo no dia seguinte. Ele até mesmo ignorou o churrasco que os amigos faziam para comemorar o casório. ?Agora, a galera está na favela se divertindo?, conta.

Infelizmente, não deu muito certo? O Pioneer venceu por 2 a 0 e o Baffô foi eliminado. Como consolo, Fernando passou uma semana feliz, provavelmente uma das mais felizes de sua vida, em lua de mel, longe do futebol.

Fonte: UOL