CBF adia jogo do Santos e causa revolta em torcedores

Adiamento causou polêmica e transtorno

Feito quase 24 horas antes de a bola rolar, o adiamento da partida entre Ponte Preta e Santos, no Moisés Lucarelli, causou polêmica e transtorno para os torcedores. O jogo, que começaria às 21h de hoje (5), foi adiado para amanhã, às 11h.

O motivo foi o pedido da Polícia Militar de Campinas, já que, no mesmo horário, o Guarani – rival da Ponte – joga contra o Boa Esporte, valendo o título do Campeonato Brasileiro da Série C.

O presidente Modesto Roma, do Santos, ficou bastante irritado com a mudança da CBF e, em entrevista à Rádio Bandeirantes, prometeu ir até a entidade para reclamar. “Jogaram o regulamento no lixo. Eu vou até a CBF na segunda (7), faço questão de ir, porque o Santos não aceita essa decisão. Só jogaremos em respeito ao torcedor”.

Image title

Fonte: iG