CBF admite erro em ranking e confirma liderança do Palmeiras

O erro da CBF foi apontado em edição desta quarta do jornal Folha de S. Paulo

Em nota oficial, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) admitiu erro na atualização do ranking de clubes divulgado na tarde de terça-feira. A nova classificação deveria incorporar os resultados dos títulos brasileiros unificados anteriormente a 1971, além das conquistas mais recentes de Corinthians e Vasco da Gama, mas não continha o título do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, em 67. Com a retificação, o Palmeiras assume a liderança.

O erro da CBF foi apontado em edição desta quarta do jornal Folha de S. Paulo, o que fez o Santos descer da primeira para a segunda colocação. Outra inversão de postos se deu entre Cruzeiro, que desce para o oitavo lugar, e Internacional, agora o sétimo.

Com a correção, o Palmeiras atingiu 2.366 pontos, seguido por Santos (2.358), Vasco (2.234), Grêmio (2.208), Flamengo (2.207), Corinthians (2.197), Internacional (2.170), Cruzeiro (2.114), São Paulo (2.109), Atlético-MG (2.080), Botafogo (1.846) e Fluminense (1.841).

A unificação dos títulos brasileiros desde 1959 (Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa) aos disputados a partir de 1971 - chancelada pela CBF em dezembro passado - rendeu ao Palmeiras mais quatro conquistas e a curiosa situação de ser a única equipe bicampeã brasileira em um mesmo ano.

Isso porque, em 1967, seis meses após vencer o Robertão, os palmeirenses também faturaram a Taça Brasil. Foi justamente o esquecimento de uma das conquistas daquele ano, o Roberto Gomes Pedrosa, que gerou a diferença de colocações no ranking de clubes.

Fonte: Terra