Ceni pode ficar de fora da partida contra o Vasco

Goleiro torceu o tornozelo no primeiro tempo da partida contra o Libertad


Ceni pode ficar de fora da partida de domingo contra o Vasco
Normalmente chamado de fominha por sua vontade de sempre estar em campo, o goleiro e capitão do São Paulo, Rogério Ceni, dificilmente terá condições de estar em campo na partida do próximo domingo, contra o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro. O camisa 1 torceu o tornozelo esquerdo no início da partida contra o Libertad, disputada na última quarta-feira, tentou continuar no sacrifício mas, sem suportar as dores, deixou a partida no segundo tempo.

Ceni foi um dos últimos a deixar o vestiário do estádio Nicolas Leoz. Mancando muito, conversou com os jornalistas e mostrou muito pessimismo para a próxima partida.

- Pelo que eu me conheço, não vai dar para jogar. Foi a mesma lesão que sofri no início do Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense, em São Januário. Subi para disputar a bola, o paraguaio tocou no meu braço e eu caí. Quando caí, meu pé girou no chão. Tentei continuar com uma proteção porque sei da minha importância para o time, mas não consegui suportar. Está doendo muito, não consegui esticar o pé ? afirmou o goleiro.

A delegação tricolor chegará na capital paulista às 15h. Rogério Ceni será levado ao hospital para fazer exames. Só não se sabe se isso ocorrerá ainda nesta quinta-feira ou na manhã de sexta. O médico José Sanchez disse que precisa tomar cuidado porque foi esse tornozelo que Ceni fraturou em 2009, o que o deixou por quatro meses longe dos gramados.

- Vamos examinar, tomar remédio e avaliar. Ele fará um exame na chegada a São Paulo. Como conhecemos o tornozelo dele, que foi operado, não podemos correr riscos ? ressaltou.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com