Chefe da Red Bull aponta Mercedes como favorita em 2017

O chefe ainda exaltou o trabalho desenvolvido na pré-temporada

Durante a temporada de 2016 da Fórmula 1, a Red Bull cresceu no campeonato, superando a Ferrari e firmando-se como segunda grande força, atrás apenas da Mercedes. Nos testes da pré-temporada, contudo, a equipe italiana liderou boa parte das práticas, mostrando que pode complicar os alemães. Porém, para Christian Horner, chefe da RBR, só há uma franca favorita ao título.


"A Mercedes é claramente a favorita. Eles ganharam 50 corridas nos últimos três anos, enquanto nós vencemos cinco e a Ferrari, três. Tenho que dizer mais?", declarou ao site oficial da Fórmula 1.

Com a aposentadoria do atual campeão Nico Rosberg, a F1 não terá um piloto defendendo o título. Horner lamentou a situação, mas acredita que a categoria conte com grandes nomes para lutar pelo campeonato. O dirigente, contudo, espera que o vencedor seja um dos pilotos da Red Bull, Daniel Ricciardo ou Max Verstappen.

"É obviamente uma pena que o campeão tenha decidido não defender seu título, o que é realmente um cenário incomum para um cara que é muito jovem. Mas ainda há grandes campeões no grid, como Sebastian Vettel, Lewis Hamilton, Kimi Raikkonen e Fernando Alonso. Mas espero que seja um piloto novo no final da temporada, e que seja um dos nossos", continuou.

Por fim, Christian destacou que a Red Bull está pronta para a temporada de 2017, que se inicia no dia 26 de março, com o Grande Prêmio da Austrália. O chefe do time ainda exaltou o trabalho desenvolvido na pré-temporada.

"Estamos satisfeitos com a nossa pré-temporada e com a forma como o carro está reagindo e os pilotos estão se sentido confiantes, pois gostam da sensação do carro. Então estamos prontos", finalizou.



Fonte: iG